Segunda-feira, Maio 27, 2024
spot_img

A Feira Internacional de Maputo FACIM inicia hoje

A 56ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM) abre hoje, 30 de Agosto, e decorrerá até 5 de Setembro nas instalações da instituição em Ricatla, distrito de Marracuene, província de Maputo.

Até quinta-feira, 122 expositores tinham-se inscrito no evento, contra os 250 esperados.

Sob o lema “Industrialização, Inovação e Diversificação da Economia Nacional”, a FACIM, que foi cancelada no ano passado por causa da pandemia de Covid-19, terá lugar de forma híbrida, com expositores no local e participantes virtuais.

A porta-voz do governo Ludovina Bernardo disse que os expositores de fora da província de Maputo exprimiriam virtualmente, e que os visitantes do local de Ricatla seriam limitados em conformidade com as medidas de prevenção do Covid-19.

A FACIM, a mais antiga feira multi-sectorial em Moçambique, promove oportunidades de negócios com várias marcas, serviços e produtos expostos.

Em termos de participação internacional, a projecção do governo era de que 24 países participassem, mas até quinta-feira apenas 12 se tinham inscrito.

O Director-geral da Agência para a Promoção de Investimentos e Exportações (APIEX), Gil Bires, disse recentemente que o trabalho no terreno estava a decorrer a bom ritmo, e que tudo estava pronto para que o calendário estabelecido para o evento fosse cumprido.

Segundo Bires, enquanto o país deve manter feiras comerciais, não só para atrair mais investimento directo estrangeiro e nacional, mas também para promover as exportações, a APIEX asseguraria o cumprimento das medidas de prevenção da Covid-19 durante o evento.

Outra prioridade na FACIM deste ano, disse Bires, foi a promoção das exportações através da concessão de maior assistência aos operadores nacionais. Prosseguiu, reiterando que, mesmo neste ambiente adverso, o país deve continuar a atrair mais investimento estrangeiro e nacional.

Entrevistas Relacionadas

Emose obteve lucro de mais de 40 milhões de Meticais em 2023

O resultado líquido da Empresa Moçambicana de Seguros (Emose)...

INP considera movimento da Galp como rotineiro

O Instituto Nacional de Petróleo (INP) declarou na Quinta-feira,...

Vodacom Moçambique lança Fundação para impacto social

A Vodacom Moçambique fez o lançamento oficial da Fundação Vodacom Moçambique. A cerimónia...

Galp concluiu a venda da sua participação no projecto GNL

A Galp concluiu a venda de sua participação no...