De acordo com o Standard Bank, o índice que mede a actividade empresarial em Moçambique teve uma forte queda no mês de Janeiro, indicando uma forte deterioração nas condições para as empresas.

De acordo com o Fáusio Mussá, economista-chefe do Standard Bank – Moçambique “Moçambique, após um ano de 2020 que se revelou desafiante, iniciou também 2021 de modo conturbado”.

Para o economista factores como a pandemia e as consequentes restrições, a tempestade tropical Eloise, os problemas de segurança e os atrasos na implementação dos projectos de GNL ajudaram a prejudicar a actividade económica e fizeram com que as previsões do crescimento do PIB fossem revistas de forma mais conservadora.

Em relação às mudanças da política monetária do Banco de Moçambique o economista confessou, “Fomos surpreendidos pela magnitude da subida das taxas de juro.” No passado mês de Janeiro Comité de Política Monetária (MPC) do Banco de Moçambique aumentou em 300 pontos base, o valor da Taxa de Juro para 13,25%. Para o Mussá “Tal decisão parece ter sido motivada por um ajuste das previsões relativas à inflação a médio prazo que as fez passarem a apresentar valores mais elevados.”

O PMI™ do Standard Bank Moçambique é compilado a partir das respostas de um painel de cerca de 400 empresas do sector privado. Os sectores abrangidos pelo inquérito incluem a agricultura, a mineração, o sector manufactureiro, a construção, o comércio por grosso, o comércio a retalho e os serviços.

Para ter acesso ao estudo do Standard Bank visite a página – https://www.standardbank.co.mz/pt/content/download/94596/2329930/file/MZ_PMI_POR_2102_LITE.pdf

FONTEEstudo do Standard Bank

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui