Porto de Nacala pode facilitar escoamento de produtos do Ruanda

O mais recente Relatório de Conjuntura Económica e Perspectivas de Inflação (CEPI), de Julho, detalha que as importações situaram-se em 1,6 bilião de USD no primeiro trimestre de 2022, contra 940 milhões de USD registados em igual período de 2021, daí a variação de 724 milhões de USD.

“Os sectores que mais contribuíram no total das exportações foram o extractivo e o industrial, com destaque para o carvão mineral e o alumínio”, lê-se no CEPI.

Entretanto, as importações suplantaram (como é de praxe), as exportações. Dados do Relatório indicam que se no primeiro trimestre de 2021 a factura de importações foi de 1.5 bilião de USD, no período em análise situou-se em 6.2 biliões de USD, uma variação de 4.7 biliões de USD.

O CEPI relata que o aumento significativo das importações foi resultante da importação da plataforma flutuante Coral Sul FLNG no primeiro trimestre de 2022 (concretamente em Janeiro), para a Área 4 da Bacia do Rovuma.

A curto e médio prazo, perspectiva-se que as exportações continuem a aumentar, favorecidas pelo início da exportação do gás natural pela Plataforma FLNG Coral Sul prevista para o quarto trimestre de 2022.

FONTEcartamz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui