O Governo identificou um conjunto de projectos prioritários, que tem em vista assegurar uma maior diversificação da matriz energética nacional, garantir o fornecimento de energia fiável, de qualidade ao menor custo, de forma a garantir o aumento da disponibilidade de energia, bem como reforçar o papel de Moçambique como um Pólo energético da região da SADC, afirmou o Presidente da República, Filipe Nyusi.

Nyusi que falava durante a IV Sessão do Comité Central, considera que até 2024, na componente de geração, o Governo pretende promover investimentos públicos e privados em novas infra-estruturas de produção de energia eléctrica que assegurem, pelo menos mais 600 MW na capacidade nacional instalada, com uma contribuição crescente das energias renováveis.

“A entrada em operação da central solar de Mocuba, representou um marco importante na concretização de Projectos de energias renováveis de escala”, sublinhou Filipe Nyusi.

Para quem o País, dispõe de inúmeros projectos de centrais solares de produção de energia em diferentes estágios de desenvolvimento, tendo recentemente sido lançada a primeira pedra para implantação da segunda central solar, em Metoro, Cabo Delgado, prevendo a implantação dos projectos das centrais solares de Cuamba (com arranque previsto para Junho próximo), Lichinga, Mecufi, Dondo e Manje, até ao final de 2024.

FONTEMercados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui