Segunda-feira, Maio 27, 2024
spot_img

A economia pode ser afectada pela suspensão do Standard Bank

A suspensão do Standard Bank do mercado cambial tem o potencial de agravar ainda mais a crise económica em Moçambique, porque esta decisão do Banco Central, apesar de ser correcta, já está a ter impacto negativo, sobretudo ao nível da inflação e taxa de câmbio, alertam especialistas.

“É necessária uma certa prudência relativamente a esta questão, sobretudo agora que temos o comunicado do Banco de Moçambique anunciando que suspendeu o Standard Bank da actividade cambial de conversão de divisas até um ano”, alertou Egna Sidumo, pesquisadora e professora universitária.

Sidumo avançou que esta suspensão vai causar um provável aumento de preferência pela liquidez das famílias e empresas, sublinhando que quando a maior parte dos bancos for alvo de corrida aos depósitos, simultaneamente pode haver uma crise financeira, fazendo com que o sistema financeiro deixe de funcionar, provocando uma recessão económica.

Para a economista, “os impactos desta suspensão são devastadores, podem provocar baixos níveis de produção e de investimento, aumento do desemprego e a redução dos gastos do Governo”.

O director executivo adjunto da Confederação das Associações Económicas (CTA) de Moçambique, Eduardo Sengo, diz que o impacto desta suspensão já se faz sentir na economia, “porque o Standard Bank é líder no mercado cambial”.

“A maior parte dos investidores estrangeiros usa o Standard Bank, e sendo este banco líder do mercado cambial, sem dúvida que esta suspensão vai afectar também o investimento estrangeiro no país” disse .

Os economistas sublinham, no entanto, que apesar destas situações, a decisão do Banco de Moçambique é correcta.

O comunicado do Banco de Moçambique indica que as infracções cometidas pelo standard Bank incluem, manipulação fraudulenta da taxa de câmbio, instalação e implementação de uma rede de pagamentos ilegal sediada fora do país e realização de operações irregulares de derivativos financeiros para a cobertura de risco associado à flutuação cambial, entre outras.

O Standard Bank diz estar a trabalhar com o Banco de Moçambique no sentido de esclarecer todas as alegações sobre a sua suspensão do mercado cambial e salvaguardar os interesses dos clientes.

Entrevistas Relacionadas

Emose obteve lucro de mais de 40 milhões de Meticais em 2023

O resultado líquido da Empresa Moçambicana de Seguros (Emose)...

INP considera movimento da Galp como rotineiro

O Instituto Nacional de Petróleo (INP) declarou na Quinta-feira,...

Vodacom Moçambique lança Fundação para impacto social

A Vodacom Moçambique fez o lançamento oficial da Fundação Vodacom Moçambique. A cerimónia...

Galp concluiu a venda da sua participação no projecto GNL

A Galp concluiu a venda de sua participação no...