Segunda-feira, Maio 20, 2024
spot_img

Anunciada provável subida do combustível

Na sequência da decisão saída da reunião de domingo (02), da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, incluindo a Rússia, (OPEC+) de reduzir a produção diária de petróleo em 1,2 milhões de barris por dia, a Associação Moçambicana de Empresas Petrolíferas (AMEPETROL), admite que efeito dessa situação, os preços dos combustíveis poderão subir, em Moçambique, já a partir do próximo mês.

“AMEPETROL está extremamente preocupada com a medida adoptada pela OPEC+, pois terá um efeito sobre o mercado doméstico”, lê-se num comunicado a que o Profile teve acesso.

A partir da monitoria sistemática que faz sobre o mercado internacional de combustíveis e seus derivados, a AMEPETROL, admite que a medida adoptada pela OPEC+ terá um efeito directo no mercado doméstico e, nas próximas semanas, poderá observar-se uma subida dos preços dos combustíveis no País à semelhança do que vem se registando nos mercados internacionais.

“Chamamos a especial atenção dos nossos clientes e público em geral para o facto de os próximos meses serem mais desafiantes no que tange aos preços dos combustíveis no mercado interno”, alerta a agremiação em comunicado divulgado esta terça-feira (4)

Entrevistas Relacionadas

Delegações de 12 países participam na conferência empresarial CASP em Maputo

Empresários moçambicanos e estrangeiros reúnem-se desde a quarta-feira, em...

Receitas do Estado alcançaram 73 mil milhões de meticais no primeiro trimestre

As receitas correntes do Estado atingiram um aumento significativo...

Fundo Soberano já conta com 94 milhões de dólares

Estado aplica 94,2 milhões de dólares de receitas de...

Uma Nova Era para o M-Pesa: Salimo Abdula assume a Presidência do Conselho de Administração

A Vodafone M-Pesa celebra seus onze anos de existência...