Segunda-feira, Maio 20, 2024
spot_img

Cabo Delgado: Mais de mil empresas fechadas e USD 209M perdidos

Ataques em Cabo Delgado causaram perdas de 209 milhões de dólares e encerramento de 1.110 empresas, disse Agostinho Vuma, presidente da Confederação das Associações Económicas (CTA).

Segundo Vuma, esse valor é referente ao prejuízo sofrido pelos empresários de todos os distritos afectados durante os três anos e meio de acção dos insurgentes no norte do país, mas, não incluem os estragos causados no ataque à Vila de Palma no mês passado.

“Defendemos a necessidade de uma intervenção urgente para minimizar este impacto”, disse Vuma.

Falando das possíveis soluções, o presidente da CTA defendeu que as empresas em Cabo Delgado precisam de créditos com “taxas de juro amigas”.

Sendo que o ataque em Palma causou a interrupção do projecto de exploração do GNL liderado pela Total, Vuma afirma que a sustentabilidade do tecido empresarial ligado à este megaprojecto depende da restauração da paz na província.

Entrevistas Relacionadas

ʺUm Olhar sobre os potenciais riscos de influência política nas decisões de política monetáriaʺ

A Lei Orgânica do Banco de Moçambique define como...

MOPHRH divulga oportunidades de investimento na N1

O Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos...

Já são conhecidas as 30 Mulheres mais influentes na COMARP, em Moçambique

Decorreu na última sexta-feira (10), em Maputo, a Conferência...

Governo apresenta estratégias para acelerar a transição energética

O Ministro dos Recursos Minerais e Energia, Carlos Zacarias,...