- Anúncio-spot_img

Cai produção dos transportes e comunicações em 2020

Análise de Mercado

O valor global da produção dos transportes e comunicações a preços constantes registou 108.290 milhões de Meticais em 2020, o que corresponde a uma variação negativa de 10.5% em relação ao ano anterior.

Dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que esta situação foi impulsionada pelo tráfego de passageiros e de mercadorias que registou decréscimo no desempenho em 20.7% e 18.1%, respectivamente, num ano marcado, principalmente, pela crise provocada pelo novo coronavírus.

“No ano em análise, no tráfego de passageiros, registou-se uma variação negativa nos subsectores do transporte ferroviário com 75.6%, seguido do transporte aéreo com 40.6% e do transporte marítimo com 25.1% se comparado com o ano de 2019. A redução no tráfego de carga foi influenciada pelos subsectores de transportes aéreo e ferroviário que registaram decréscimo em 41.2% e 25.6%, respectivamente. Contrariamente, os transportes marítimos tiveram incremento de 98.7% no período em referência”, detalha a fonte.

No sector aéreo, que inclui informação referente à actividade do transporte e movimento nos aeroportos, tendo como fonte as Linhas Aéreas de Moçambique e os Aeroportos de Moçambique, o INE relata que, em 2020, o tráfego aéreo comercial diminuiu em todos os subsectores, sendo 40,0% nas aeronaves por quilómetro, 44.8% nos passageiros transportados, 50.6% na carga transportada e 44.3% nos correios transportados.

Em termos absolutos, em relatório anual, designado “Estatísticas dos Transportes e Comunicações”, o INE mostra que, no período em análise, foram transportadas 324 mil pessoas contra 587 mil registadas em 2019. A carga caiu de 4.5 mil toneladas, em 2019, para 2.2 mil toneladas em 2020.

Na actividade dos correios, a nossa fonte descreve que, no ano em análise, o tráfego de correspondência geral (nacional e internacional) registou 63.7 mil correspondências (expedição e recepção) e 77.6 mil encomendas. Aqui, as receitas geradas caíram de 241.7 milhões, em 2019, para 17.7 milhões de Meticais em 2020.

No sector de estradas, o INE relata que, em 2020, a rede nacional de estradas era de 30.616 quilómetros de superfície, dos quais 8.2 mil quilómetros revestidos, que correspondem a 27% do total. Associado às estradas, está o parque automóvel que, segundo a Autoridade Estatística, no período em análise, continuou concentrado na Cidade e Província de Maputo com 380.149 e 352.631 unidades, correspondente a 43,0% e 36,8%, respectivamente. “O registo de veículos teve redução de 7,6%, passando de 52.850 em 2019 para 48.852 em 2020”, lê-se no relatório.

Quanto ao volume de negócios da telefonia móvel, o INE registou um incremento de 3.0%, ao sair em 2019 de 32.9 milhões de Meticais para 33.9 milhões de Meticais, facto justificado pelo aumento de subscritores na ordem de 5.0%. Dados da Autoridade indicam que, em 2019, o número de subscritores partiu de 14.7 milhões para 15.4 milhões em 2020.

- Anúncio-

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Anúncio-

Destaque

Presidente da ACIS incentiva as empresas a filiarem-se em associações

O Presidente da Associação de Comércio, Indústria e Serviços (ACIS) Luís Magaço Jr., encoraja os empresários a filiarem as...
- Anúncio-

More Articles Like This

- Advertisement -