A organização não-governamental Centro de Integridade Pública (CIP) lança hoje o Índice de Transparência das Empresas do Sector Extractivo, uma iniciativa que visa avaliar o grau de transparência das principais companhias que atuam neste setor em Moçambique.

“O objectivo principal da iniciativa é mesmo encorajar as empresas a adotarem critérios de transparência nos seus investimentos e projectos”, declarou Borges Nhamire, pesquisador do CIP.

Na primeira edição da iniciativa, foram avaliadas perto de 20 empresas moçambicanas e estrangeiras, com base em critérios internacionais de análise dos níveis de transparência no que diz respeito a partilha de informação útil sobre os seus investimentos.

Relacionado  CCM defende investimento em soluções que permitem uma rápida industrialização
FONTELUSA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui