O Banco Mundial vai dar apoio técnico e financeiro para a organização da IIª edição da conferência “Crescendo Azul”, a ter lugar em Novembro próximo, em Vilankulo, província de Inhambane, garantiu Idah Z. Pswarayi-Riddihough, directora da instituição para Moçambique, Madagáscar, Maurícias, Comores, Seycheles, África Oriental e Austral.

Idah Z. Pswarayi-Riddihough manifestou esta disponibilidade na audiência que lhe foi concedida, pela Ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas, Augusta Maíta.

Ainda durante a audiência, as partes passaram em revista o progresso dos novos projectos em negociação.

Na ocasião, Pswarayi-Riddihough disse que há interesse, da parte do Banco Mundial, de continuar a apoiar iniciativas do sector, particularmente na área da aquacultura.

O apoio do Banco Mundial junta-se ao da União Europeia, Grã-Bretanha e Noruega, e garantem a sua disponibilidade, no decorrer da cerimónia de apresentação do evento, havida terça-feira, no Museu do Mar, por ocasião das celebrações do 8 de Junho, Dia Mundial dos Oceanos.

Relacionado  Oxford: Crise russo-ucraniana vai fragilizar economia moçambicana
FONTEO País

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui