A empresa pública de electricidade de Moçambique, EDM, lançou um projecto de ligação em massa e de procedimentos simplificados para novos consumidores em todo o país.

Sob a nova abordagem, muito mais simplificada e automatizada, as equipas da EDM inspeccionarão os bairros para compilar dados sobre as necessidades de energia por família. Recorrendo a telemóveis, os clientes solicitarão novas ligações, enquanto que anteriormente os clientes tinham de visitar os escritórios da empresa para apresentar os seus pedidos e esperar que o pessoal da EDM chegasse às suas casas.

Falando após o lançamento do projecto, Francisco Inroga, o Administrador Executivo da EDM para Serviços Comerciais, de Distribuição e Informática, disse que a mudança irá reduzir o tempo que os clientes esperam para que as novas ligações sejam estabelecidas.

A empresa, acrescentou, quer acelerar os contratos de electricidade e aproximar ainda mais a EDM dos consumidores. A EDM também quer reduzir o grosso das queixas como resultado de contratos pendentes.

“Esta é uma iniciativa governamental, através da qual queremos assegurar a electrificação em massa. A EDM quer satisfazer as expectativas dos clientes através do estabelecimento de contratos directos no terreno, sem qualquer necessidade de eles irem à empresa”, declarou, acrescentando que a EDM quer ligar, até ao final de 2030, cerca de 320.000 consumidores por ano.

Issufo Somar, o Director Comercial da EDM, explicou que, segundo a abordagem anterior, os clientes esperariam cerca de sete a 15 dias para estabelecer um contrato de electricidade, mas após o novo procedimento, o processo será concluído dentro de poucos minutos.

“A grande vantagem é a redução da burocracia e é também confortável para os clientes que já não têm de se deslocar e receberão o contrato no dia seguinte. Além disso, os clientes podem comprar energia em menos de uma hora”, disse Somar.

FONTEClub of Mozambique

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui