EDM reporta resultados líquidos positivos 8 anos depois

A empresa diz que o objectivo é aumentar as receitas no sector, sem prejudicar o consumo local.

Moçambique é um dos actores mais activos no mercado de produção de energia eléctrica da África Austral. No entanto, grande parte da população ainda não tem acesso à energia da rede nacional.

Para obter receitas e inverter a situação, a empresa Electricidade de Moçambique pondera aumentar as exportações de energia aos países-membros da Southern African Power Pool (SAPP) da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).

A transição eléctrica impõe sobre o sector a busca de investimentos e parceiros estratégicos para materialização dos projectos de expansão de energia eléctrica, de maneira a levar a energia para todos.

“Se estivermos a falar de um projecto que começa a partir da nossa rede eléctrica e vai à fronteira, isso permite que cheguemos às zonas mais recônditas e complementar a nossa possibilidade de até 2030 poder chegar a mais pessoas”, esclareceu Pedro Nguelume.

Nesta senda, a EDM salientou que já está em curso a construção da linha de interligação eléctrica entre Moçambique e Malawi.

FONTEO País

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui