Sábado, Junho 15, 2024
spot_img

EDM revela crescimento de 9% na exportação de energia em 2023 para países vizinhos

A empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM) divulgou que a energia exportada pelo país para nações vizinhas cresceu 9% em 2023, atingindo, 1891 GigaWatts-hora (GWh), em comparação aos 1730 GWh de 2022. O relatório e contas da entidade, revelado nesta Sexta-feira (17) pela Lusa, destaca o desempenho positivo de Moçambique na região da África Austral, visando consolidar o país como um pólo regional de energia.

Além do crescimento nas exportações, o documento ressalta o aumento das vendas de energia para o Botsuana e a conclusão bem-sucedida do processo de cobrança da dívida à Zambia Electricity Supply Corporation (ZESCO), no valor de 22 milhões de dólares.

A EDM também anunciou resultados líquidos positivos em 2023, totalizando 4,8 mil milhões de meticais. Em sua Assembleia Geral Ordinária, a empresa destacou um incremento de 14% no volume de negócios, passando de 46,8 mil milhões de meticais em 2022 para 53,1 mil milhões de meticais em 2023.

Os projectos de Expansão da Rede Eléctrica Nacional (REN) e Massificação de Novas Ligações contribuíram para que mais 395 732 novos consumidores fossem beneficiados com energia eléctrica pela primeira vez em 2023. Como resultado, o número de clientes da EDM aumentou de 2,9 milhões em 2022 para 3,2 milhões em 2023, representando um crescimento de 9%.

Entrevistas Relacionadas

Empresa Sul-Coreana garante contrato de 31,1 milhões de dólares para modernizar a rede eléctrica em Moçambique

A sul-coreana Hyosung Heavy Industries garantiu um contrato significativo...

Moçambique prevê suprir 5,5 GW da procura regional de energia até 2030

Durante o Fórum de Negócios Moçambique-Itália, realizado nesta Segunda-feira,...

Moçambique e Argélia pretendem estabelecer parceria para o desenvolvimento do sector energético

Uma delegação moçambicana liderada pelo ministro da Economia e...

FUNAE e GMNK firmam parceria para electrificar as comunidades em Tete

O Fundo de Energia, EP (FUNAE) e o Gabinete...