Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img

Energia eléctrica chega a 54 postos administrativos

Segundo Cláudio Dambe, director de Electrificação e Projectos na Electricidade de Moçambique (EDM), disse que até Dezembro outros 13 postos administrativos terão acesso à energia.

Até ao fim do primeiro semestre, seis postos foram ligados à rede eléctrica nacional, entre os quais Galinha, em Muanza; e Mulima, em Chemba, na província de Sofala.

Enquanto isso, Urrene (Panda), Pembe (Homoíne), na província de Inhambane; Mavodze (Massingir) e Zinhane (Chigubo), em Gaza, estão conectados através de sistemas autónomos ou da rede nacional.

O reforço da electreficação que está a ser desenvolvido pela EDM está ancorado ao programa “Energia Para Todos”, que tem o objectivo de “intensificar” o acesso à electricidade para mais famílias e empresas a nível nacional.

O grande propósito é de o país alcançar a meta de electrificação universal de Moçambique até 2030 definida na Estratégia Nacional de Electrificação (ENE), aprovada pelo Conselho de Ministros a 16 de Outubro de 2018.

O escopo do projecto refere que “Energia Para Todos” apoiará a expansão do acesso de energia às áreas peri-urbanas e rurais em todo o país, “aproveitando e ampliando” a rede eléctrica nacional existente e implantar mini-redes na base de geração solar em áreas não cobertas pela rede nacional.

Entrevistas Relacionadas

Engie Energy fornece energia solar a mais de 220 mil famílias em Moçambique

Mais de 220 mil famílias em Moçambique já estão...

FMI: Nada norteia atribuições de isenções fiscais em Moçambique

Alexis Meyer-Cirkel está de saída de Moçambique, onde esteve...

CMM Quer cooperar regionalmente na Indústria Mineira

O presidente do Conselho de Administração da Câmara de Minas...

Moçambique participa no Festival Standard Bank Luju Food & Lifestyle 2024

Moçambique marcará presença no Festival Standard Bank Luju Food...