Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024
spot_img

Exportação de castanha de caju rende 220 milhões de dólares

MOÇAMBIQUE obteve um rendimento de 220 milhões de dólares norte-americanos nos últimos cinco anos com a exportação de castanha de caju.

O director do Instituto das Amêndoas de Moçambique, Américo Wassiquete, disse que a castanha de caju é, até ao momento, a amêndoa cuja exportação traz mais divisas ao país.

Dissertando sobre o papel do Instituto das Amêndoas no primeiro Fórum de Investimento da província do Niassa.

Terminado fim-de-semana, Wassiquete disse que, depois da castanha de caju, a macadâmia está a ocupar um lugar expressivo nas oleaginosas.

Olhando para o seu valor comercial, Wassiquete, assume que o Instituto de Amêndoas, tende a adoptar um quadro de incentivos para o investimento.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Partilhe:

spot_imgspot_img

Mais Lidas

Notícias Relacionadas
Notícias Relacionadas

Economia moçambicana cresceu 5% em 2023, impulsionada por indústria, turismo e agricultura

O Governo de Moçambique anunciou que o crescimento económico...

Autoridade Tributária: receitas cresceram 113,43% em 9 anos.

A Presidente da Autoridade Tributária (AT), Amélia Muendane, liderou...

Crédito à economia em Moçambique mantém tendência decrescente

O crédito concedido pelas instituições financeiras à economia moçambicana...

Taxa de juro de referência para crédito mantém-se em 23,50% em Fevereiro

A Associação Moçambicana de Bancos (AMB) anunciou que a...