Novas ligacoes

O Ministério dos Recursos Minerais e Energia (MIREME), garante haver fundos para as 400 mil ligações eléctricas até ao fim do ano em curso.

Estas ligações, enquadram-se no programa do Governo denominado, “Energia para todos” e desde o início do ano, até este momento foram efectuadas 63 mil novas ligações. 

Dados do MIREME, não se refere aos custos envolvidos neste trabalho, mas considera que a materialização da meta para este ano é um passo importante para o alcance dos objetivos traçados pelo Governo.

Indicou que, na para acelerar a electrificação, contribui, entre várias medidas, a eliminação desde os finais do ano passado da taxa da cobrança aos requerentes de novas ligações domésticas de rede nacional.

Conforme foi explicado  na altura, com a retirada da taxa de ligação eléctrica, eliminou-se uma da maiores barreiras no acesso a electricidade pela maior parte da população moçambicana, o que também trouxe benefícios econômicos imediatos na renda familiar por via da poupança de cerca  de três mil meticais que eram cobrados para ter ligação de energia.

Relacionado  Prevista recuperação gradual do PIB 2021 e 2022

A Iniciativa abriu também espaço para que até 2024 pelo menos dois milhões de novas ligações (beneficiando mais de 10 milhões de pessoas) sejam feitas e cobrindo todas as sedes dos postos administrativos, num investimento de cerca de 500 milhões de dólares do Governo e parceiros.

No mesmo âmbito, espera-se que a taxa de cobertura elétrica saia dos atuais 34 para 64 por cento até 2024.

O Programa Nacional de Energia para todos até 2030 foi lançado no dia 12 de Novembro de 2018, pelo Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi.

O mesmo é financiado pelo Banco Mundial e tem como meta assegurar o Acesso Universal de Energia, através de uma abordagem tecnicamente viável e financeiramente sustentável.

FONTEJornal o Pais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui