Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
spot_img

HCB supera plano de produção dos primeiros nove meses do ano em 2.3%

A Hidroelétrica de Cahora Bassa (HCB) registou até ao 3º trimestre de 2020, uma produção de energia de 11.602,31 GWh, correspondente a 2,3% acima do planeado para este ano, não obstante os efeitos severos da COVID 19 sobre a economia Moçambicana.

Em um comunicado que o Profile teve acesso, a HCB, indica que a venda de energia fixou-se em cerca de 19 mil milhões de Meticais, 1,7% acima do planeado.

Este avanço permite à Empresa continuar a implementar os seus projectos de melhoria na performance operacional, assegurar o cumprimento integral dos contratos com os colaboradores e clientes, honrar os compromissos com os Fornecedores e os Accionistas e pagando integral e pontualmente os impostos, taxas e dividendos.

Permite igualmente à HCB prosseguir com a realização de iniciativas de responsabilidade social corporativa.

O comunicado refere ainda que a HCB continua determinada a alcançar a meta de produção anual de 14.938 GWh atenta ao contexto macroeconómico adverso, agravado por choques exógenos, incluindo os da propagação da COVID-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Partilhe:

spot_imgspot_img

Mais Lidas

Notícias Relacionadas
Notícias Relacionadas

Falta de garantias de empréstimos compromete investimentos em energias renováveis em África

O CEO da TotalEnergies, Patrick Pouyanne, afirmou na quarta-feira...

Estratégia de transição energética: Moçambique pretende investir em centrais solares

Moçambique pretende expandir sua capacidade de produção de energia...

Moçambique investe 80 mil milhões de dólares em revolução energética na província da Zambézia

Moçambique está a dar passos significativos em direcção a...

EDM perdeu mais de 27 mil milhões de meticais em cinco anos devido ao roubo de energia

A empresa Electricidade de Moçambique (EDM) enfrenta um prejuízo...