Segunda-feira, Maio 27, 2024
spot_img

Moçambique anuncia aumento da exportação de energia eléctrica para Zâmbia

A Electricidade de Moçambique (EDM) vai aumentar a quantidade de energia fornecida à congénere ZESCO, da Zâmbia, de 50 para 90 MegaWatts (MW), de acordo com um comunicado divulgado ontem (05) pela estatal eléctrica nacional.

Para o efeito, foi assinada na quinta-feira, em Lusaka, uma adenda ao contrato inicial com a ZESCO, celebrado há um ano em Luanda, para compra e venda de energia eléctrica à Zâmbia para suprir o défice energético que este país enfrenta devido à estiagem que afecta as suas barragens hidroeléctricas.

A emenda visa a extensão da validade do acordo e revisão dos termos comerciais, nomeadamente, o preço e volumes de energia eléctrica.

“Não só pretendemos transaccionar mais volumes de energia eléctrica, mas também estabelecer parcerias no sector, bem como gerar confiança necessária para melhorar as trocas comerciais”, explicou o PCA, citado em comunicado da EDM.

Na mesma ocasião, a estatal eléctrica moçambicana reafirmou que a empresa está em prontidão para suprir o défice de energia eléctrica que a Zâmbia vive neste momento, em virtude da estiagem que afecta as sua barragens hidroeléctricas e, por conseguinte, a capacidade de geração de energia.

Marcelino Alberto disse ainda que “à médio prazo deverá ser executada a Linha de Interligação a 400kV, entre Moçambique e Zâmbia, estando esta infra-estrutura na lista dos projectos prioritários para aprimorar as trocas comerciais directas de energia em grandes volumes entre os dois países, bem como para o mercado da SAPP (Southern African Power Pool)”.

Por seu turno, o Director Geral da ZESCO, enalteceu a forte parceria entre ambas empresas e o compromisso para reforçar a estabilidade e crescimento do sector eléctrico na região da SADC.

“A capacidade adicional contratada confere um esforço significativo para mitigar o défice de electricidade na Zâmbia, devendo a mesma colmatar o défice de fornecimento às cargas essenciais nos sectores de serviços e de produção”, sublinhou Mapani.

Entrevistas Relacionadas

Moçambique busca parcerias privadas para expansão da rede energética

O Fundo Nacional de Energia (FUNAE) enfatizou a necessidade...

Moçambique registou um crescimento de 14% na produção de energia

A produção de electricidade através de parques solares em...

EDM revela crescimento de 9% na exportação de energia em 2023 para países vizinhos

A empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM) divulgou que...

A transição energética representa uma grande oportunidade para Moçambique

Falando na Conferência de Energia e Mineração de Moçambique...