Moçambique pretende fazer da primeira cimeira empresarial da CPLP, que terá lugar esta semana em Malabo, Guiné Equatorial, uma oportunidade para o benefício da comunidade empresarial local.

A cimeira, visa capitalizar as oportunidades de negócios e reforçar a comunidade empresarial do país é um dos objectivos da presença de Moçambique na primeira cimeira empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

O presidente da Confederação Empresarial da CPLP (CE-CPLP), Salimo Abdula, diz que o evento é oportuno e tem potencial para tornar a organização cada vez mais empreendedora.

“Identificámos várias questões que podem catapultar as economias da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – e não apenas falar de Moçambique. Esta cimeira empresarial irá consolidar tanto objectivos políticos como económicos”, disse Abdula.

Falando numa conferência de imprensa esta quinta-feira, Abdula salientou que este e outros objectivos eram realizáveis, dadas as vantagens que os países membros da CPLP usufruem.

“Se trabalharmos em concertação com a marca CPLP e estivermos à altura do grande potencial dos países membros, podemos ser um dos maiores produtores de alimentos do mundo”, observou.

Relacionado  Poderá aumentar o volume de carga manuseada nos portos

Moçambique e outros países da CPLP têm oportunidades inexploradas. “Temos cerca de 5,6% das reservas de água”, Abdula detalhou. “Temos também um recurso importante, que é a mão-de-obra jovem e, acima de tudo, a língua que nos une”.

A delegação moçambicana é composta por 37 empresários ao encontro, com a expectativa de exposição a potenciais parcerias empresariais.

A CE-CPLP foi fundada em Lisboa no dia 4 de Junho de 2004 e é uma organização com intuito de desenvolvimento da cooperação entre estruturas de representação associativa dos países-membros da CPLP, de forma a criar as condições para o desenvolvimento de negócios no quadro dos espaços económicos onde estão inseridos os países da nossa comunidade.

A organização conta com nove membros efectivos, dos quais sete foram membros fundadores da CPLP.

FONTEClub of Mozambique

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui