Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img

Novo horário de trabalho proposto para Maputo visa descongestionar o trânsito

A cidade e província de Maputo poderão adoptar novos horários de funcionamento dos serviços públicos para mitigar a pressão sobre o sistema de transporte, melhorar o tráfego e aumentar a eficiência comercial. A proposta, avançada pelo Ministério dos Transportes e Comunicações (MTC), sugere o escalonamento dos horários de abertura para diversos sectores.

Segundo o plano do MTC, os serviços públicos terão um horário de funcionamento das 8:30 às 16:30, enquanto que a indústria e construção civil começarão às 7:30 e terminarão às 15:30. As escolas e universidades abrirão entre as 7:00 e as 8:00. Este escalonamento estende-se a outros sectores, incluindo as unidades sanitárias, que funcionarão das 6:30 às 17:30, o comércio retalhista das 9:00 às 19:00, e os grandes estabelecimentos como hipermercados e supermercados, que estarão abertos das 9:00 às 20:00.

A medida também se aplica ao ensino primário e secundário, com horários ajustados de acordo com o sector privado, assegurando que as instituições de ensino e unidades sanitárias funcionem de maneira eficiente. A Organização dos Trabalhadores de Moçambique (OTM) acolheu positivamente a proposta, com o respectivo secretário executivo, Joaquim Chacate, destacando a importância da iniciativa na redução do tempo de deslocação e na melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores.

A implementação do escalonamento tem como objectivo aliviar a congestão nas estradas, principalmente durante as manhãs, diminuindo os engarrafamentos e o stress dos condutores. Um estudo realizado pelo proponente mostrou que, nos últimos dez anos, o número de veículos na Área Metropolitana do Grande Maputo aumentou significativamente, tornando esta medida essencial para o bem-estar da população.

Entrevistas Relacionadas

FMI: Nada norteia atribuições de isenções fiscais em Moçambique

Alexis Meyer-Cirkel está de saída de Moçambique, onde esteve...

CMM Quer cooperar regionalmente na Indústria Mineira

O presidente do Conselho de Administração da Câmara de Minas...

Moçambique participa no Festival Standard Bank Luju Food & Lifestyle 2024

Moçambique marcará presença no Festival Standard Bank Luju Food...

CTA afirma não ter sido notificada sobre apreensão da sua sede

A Confederação Moçambicana das Associações Económicas (CTA) alega que...