Segunda-feira, Maio 27, 2024
spot_img

Projectos da região centro financiados pela Agência do vale do Zambeze

A Agência de Desenvolvimento do Vale do Zambeze anuncia investimento avaliado em 130 milhões de dólares para desenvolvimento de dois projectos na região centro do país.

São os primeiros financiamentos anunciados no decurso da primeira “Reunião Regional para o Desenvolvimento das Comunidades” que decorreu no dia 21 de Setembro, na cidade de Chimoio, província de Maputo.

Os projectos serão alocados directamente aos quatro Conselhos Executivos Provinciais da região centro, com foco para as ligações empresariais e conectividade, visando Desenvolver as Pequenas e Médias Empresas.

Os projectos estão sob gestão das Agências de Desenvolvimento do Vale do Zambeze e do Norte.

Segundo, Roberto Albino, director geral da Agência de Desenvolvimento do Vale do Zambeze, está em curso desde Julho corrente, o primeiro projecto avaliado em 100 milhões de dólares, com foco nas comunidades.

Os governadores da região centro do país, nomeadamente, manica, Sofala, Tete e Zambézia, e parceiros debatem assuntos sobre a melhoria de vida das comunidades, num evento da região centro.

No evento, são três painéis com temas virados à população, devendo no evento encontrarem-se soluções para a melhoria de vida das comunidades.

No rol das apresentações consta a necessidade da exploração sustentável das potencialidades do grande Zambeze e das terras aráveis da região, visando a produção e produtividade com foco para exportação, bem como garantir a segurança alimentar.

Os parceiros entendem que há condições para a produção em grande escala mas há que se criar condições técnicas e materiais, para a sua efectivação.

Os gigantes do Zambeze concluem que a região centro possui condições agro-ecológicas para produzir e expressarem-se na balança económica de Moçambique, na redução de importações.

Entrevistas Relacionadas

Emose obteve lucro de mais de 40 milhões de Meticais em 2023

O resultado líquido da Empresa Moçambicana de Seguros (Emose)...

INP considera movimento da Galp como rotineiro

O Instituto Nacional de Petróleo (INP) declarou na Quinta-feira,...

Vodacom Moçambique lança Fundação para impacto social

A Vodacom Moçambique fez o lançamento oficial da Fundação Vodacom Moçambique. A cerimónia...

Galp concluiu a venda da sua participação no projecto GNL

A Galp concluiu a venda de sua participação no...