Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img

Standard Bank apoia reabilitação da EN1

“Sendo este um evento que junta fundos de manutenção de estradas do continente, o Standard Bank está presente para demonstrar o seu apoio a um sector tão importante como é o das infra-estruturas rodoviárias.

É com grande expectativa que patrocinamos este encontro, pois pretendemos fazer parte do desenvolvimento, reabilitação e manutenção dos principais corredores de Moçambique. Sabemos que o Governo tem como prioridade a manutenção e reabilitação da Estrada Nacional Número Um (EN1) e, como um dos bancos relevantes neste mercado que apoia o desenvolvimento do País, naturalmente vamos apoiar”, referiu Bernardo Aparício, administrador delgado do Standard Bank.

Bernardo Aparício, destacou ainda a relevância do sector de infraestruturas, no geral, e das estradas, em particular, no desenvolvimento económico dos países, incluindo Moçambique.

Por seu turno, o presidente da Associação dos Fundos de Manutenção de Estradas de África, Ali Ipinge, afirmou que, apesar de os países africanos terem feito grandes avanços no que diz respeito à melhoria e manutenção dos principais corredores de transporte rodoviário, ainda há muito por fazer no continente:

“É um facto que as estradas são a via mais predominante para o transporte de pessoas e bens no continente. Acima de 90%, para ser claro. Entretanto, África tem uma rede viária estimada em 2.9 milhões de quilómetros, dos quais somente 30% é que está asfaltada”, frisou.

Num outro desenvolvimento, Ali Ipinge apelou para a necessidade de os países introduzirem inovações na concepção e construção das estradas, devido às mudanças climáticas que têm estado a provocar desastres naturais.

O encontro, que tem como lema “Alinhando o Financiamento Sustentável às Necessidades do Sector Rodoviário em África”, conta com a participação de representantes de 35 fundos de estradas, membros deste organismo continental, que serve de plataforma de partilha de experiências e informações sobre as melhores práticas de financiamento da manutenção de estradas em África.

Entrevistas Relacionadas

Empresários defendem ajustes no PAE para impulsionar economia moçambicana

O Pacote de Medidas de Aceleração Económica (PAE) foi...

Veja as implicações dos novos acordos de dívidas ocultas para Moçambique

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revelou nesta Quarta-feira (17)...

FMI ajusta a previsão do crescimento da economia mundial para 3,3% em 2025

O Fundo Monetário Internacional (FMI) ajustou ligeiramente para cima...

BdM: Dinheiro a circular aumenta para 62,7 Mil Milhões de Meticais em Maio

O dinheiro físico a circular em Moçambique aumentou 8,5% em...