Segunda-feira, Abril 15, 2024
spot_img

Tatiana Pereira: “O empreendedorismo ainda é um desafio cultural em Moçambique”

Tatiana Pereira, co-fundadora e Executive Catalyst da ideiaLab, presta apoio e assistência a iniciativas empreendedoras em Moçambique há 12 anos e este mérito conferiu-lhe um prémio na categoria de inovação a nível dos  dos Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

É licenciada em Gestão de Recursos Humanos pelo Instituto Universitário de Lisboa, tem um Master of Business Administration pela The Graduate School of Business da Curtin University e foi Mandela Washington Fellow em 2014, tendo frequentado um curso de empreendedorismo e negócios na Northwestern University, como parte da Young African Leadership Initiative.

Tatiana Pereira tem também certificações em Design Thinking Essentials, formação para fornecedores de BDS, Social & Environmental Enterprise Development Toolbox, Executive Coaching, entre outros.

Convidada a falar sobre os desafios actuais do empreendedorismo em Moçambique, Tatiana Pereira assegurou que a ideaLab foi fundada na crença de um país mais empreendedor e de mudança de narrativa  sobre o presente e futuro dos jovens.

Sobre o prémio Innovation Awards 2022, considerou ser um marco muito importante para a instituição pois trata-se de um reconhecimento dos 12 anos de trabalho pelo que hoje em dia até nos discursos do Governo, temas relacionados ao empreendedorismo são retratados, o que mostra, segundo avançou, que empreender pode ser a solução.

“Quando iniciamos, há 12 anos, a expressão empreendedorismo era pouco proferida, dizia-se que  o jovem moçambicano não era capaz, mas nós queríamos mudar essa visão e provar que o empreendedorismo pode ser o caminho a seguir”, disse.

No entanto, para que o caminho do empreendedorismo guiasse os moçambicanos ao sucesso era preciso um sistema de apoio capaz de fazer face aos principais desafios e assim nasceu a ideaLab com a lógica de facilitar a vida  dos empreendedores sobre como dar os passos certos para iniciar ou acelerar um negócio de forma sustentável.

A entrevistada deixou claro que, embora a ideaLab faça  gestão de programas de incubação e aceleração de empreendedorismo, a mesma não é, no entanto, uma incubadora.

DESAFIOS DO EMPREENDEDORISMO EM MOÇAMBIQUE

“Ainda existem muitas barreiras culturais para quem quer empreender, quando um jovem termina a faculdade a orientação que a família dá é de arranjar um emprego seguro, há um estigma que precisa do envolvimento de todos”, lamentou.

Outro desafio apontado por Tatiana Pereira está relacionado com a competência para empreender, pelo que precisa-se de apostar muito na componente de formação para que as pessoas não tenham apenas vontade empreender.

Do mesmo modo, refere-se ao ambiente de negócios que, segundo relata, é muito difícil, destacando questões de  regulamentação, acesso à informação, mercado, financiamento, entre outros.

“Só começar e registar um negócio é caro, não é acessível e veja que a forma de proceder em Maputo é diferente de outras províncias, então todo o pacote de formação e facilitação, formalização nem sempre é claro”, argumentou.

Para fazer face ao desafio cultural, a idealab tenta, em coordenação com os parceiros, divulgar os negócios dos jovens que passam pelos seus programas sob forma de mostrar que é possível empreender e ter sucesso.

Quanto à questão da regulamentação, os esforços da organização são feitos durante os programas onde os pacotes incluem oradores de instituições regulamentares como O Balcão de Atendimento Único (BAU), Autoridade Tributária e Instituto Nacional de Segurança Social (INSS).

 

spot_img

Próximos Eventos

Partilhe:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias Relacionadas

Diogo Pereira: “No livro, sugerimos abordagens regulatórias e estratégias para o sector financeiro moçambicano”

Diogo Pereira Duarte, sócio da Abreu Advogados, membro da...

Ana Zara: “Assumimos o compromisso com a inovação e a excelência bancária em Moçambique”

O marketing desempenha um papel fundamental no sector empresarial,...

Matt Davis: “Queremos investir em 50 startups tecnológicas em toda África”

No meio de uma onda de novos fundos no...

Notícias e Eventos

Artigos mais recentes

AMOMIF: Procedimentos incorrectos nas discussões sobre salário mínimo prejudicam IMF

A AMOMIF (Associação Moçambicana de Operadores de Microfinanças) vai participar nas negociações relativas à concertação social e fixação de salário mínimo, que iniciaram, sexta-feira,...

Japão e SAPP firmam parceria para desenvolver energias renováveis na África Austral

A Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) e o...

Mono e Mastercard firmam parceria para revolucionar pagamentos digitais em África

A Mono Technologies Nigeria Limited, líder em infra-estrutura bancária...

Rand sul-africano se fortalece antes de dados de inflação dos EUA

O rand sul-africano fortaleceu-se à frente dos dados de...

Parceria entre LAM e TAAG amplia voos entre Moçambique e Angola

A parceria entre as instituições de aviação moçambicana e...

Kenmare Resources prepara-se para aumento na produção após queda no primeiro trimestre

A Kenmare Resources, empresa que explora a mina de...

Desenvolvimentos recentes na economia doméstica e perspectivas a curto prazo

O relatório divulgado pelo Banco de Moçambique, mostra os...