Segunda-feira, Maio 20, 2024
spot_img

USD 150 mil milhões investidos pelo Banco Mundial em África até 2025

Defendendo o envolvimento dos credores privados na resolução da crise da dívida no continente,o presidente do Banco Mundial, David Malpass, anunciou que a instituição vai financiar o desenvolvimento em África com 150 mil milhões de dólares até 2025.

“Na última década, o Grupo Banco Mundial investiu 200 mil milhões de dólares em África, e apenas nos próximos cinco anos tencionamos investir e mobilizar outros 150 mil milhões de dólares para apoiar o desenvolvimento do continente”, disse Malpass numa declaração colocada no ‘site’ do banco.

“Uma grande parte deste montante será disponibilizado através de doações e empréstimos a longo prazo e sem taxas de juro pela Instituição para o Desenvolvimento Internacional, que continua a dar um forte apoio positivo aos fluxos para África”, acrescentou o responsável.

Para o responsável, “a sustentabilidade e transparência das dívidas serão vitais na atração de novos financiamentos e investimentos”.

O presidente do Banco Mundial lamentou que “a participação dos principais credores tenha sido apenas parcial e continue a permitir que grandes lucros sejam retirados de África mesmo durante a crise, sem perspetivas de haver cancelamentos de dívida que muitos têm defendido”.

Referindo-se à crise da dívida que o continente atravessa, devido à subida dos rácios de endividamento face ao Produto Interno Bruto (PIB), Malpass apelou aos credores privados para participarem nas iniciativas de alívio da dívida, nomeadamente o Enquadramento Comum para o Tratamento da Dívida para além da Iniciativa da Suspensão do Serviço da Dívida (DSSI), aprovada em abril do ano passado pelo G20, e ao qual já aderiram a Zâmbia, o Chade e a Etiópia.

“Encorajamos todos os credores, especialmente os credores privados, a fazerem do tratamento da dívida do Chade ao abrigo do Enquadramento Comum, um sucesso em termos de redução da dívida e sustentabilidade duradoura”, afirmou.

Entrevistas Relacionadas

Banco de Moçambique introduz nova série de notas e moedas a partir de 16 de Junho

O Banco de Moçambique anunciou na sexta-feira, 17 de...

Delegações de 12 países participam na conferência empresarial CASP em Maputo

Empresários moçambicanos e estrangeiros reúnem-se desde a quarta-feira, em...

Receitas do Estado alcançaram 73 mil milhões de meticais no primeiro trimestre

As receitas correntes do Estado atingiram um aumento significativo...

Fundo Soberano já conta com 94 milhões de dólares

Estado aplica 94,2 milhões de dólares de receitas de...