Sexta-feira, Julho 12, 2024
spot_img

Venda da Galp na área 4 da bacia do rovuma pode impactar parceiros do projecto, revela MIREME

O Ministério dos Recursos Minerais e Energia de Moçambique (MIREME) anunciou que os parceiros da Área 4 da Bacia do Rovuma, ao largo da costa da província de Cabo Delgado, podem passar por mudanças, após a decisão da empresa portuguesa de petróleo e gás Galp de vender sua posição para a petrolífera dos Emirados Árabes Unidos, ADNOC, no consórcio de exploração de gás natural.

Segundo a Agência de Informação de Moçambique, a Galp chegou a um acordo com a ADNOC para vender sua posição por cerca de 41,1 mil milhões de meticais (650,7 milhões de dólares) no consórcio de gás natural da Área 4.

O comunicado do Ministério esclarece que esta transacção está sujeita à aprovação dos parceiros da Área 4 e do Governo, que calculará as respectivas mais-valias de acordo com a legislação em vigor.

A imprensa portuguesa relata que a Galp tomou a decisão de vender suas acções em Moçambique para investir na Namíbia, visando melhorar sua posição negocial com futuros parceiros e reduzir o risco associado ao terrorismo islâmico em Cabo Delgado.

Na Área 4 da Bacia do Rovuma, o gás natural liquefeito (GNL) é produzido e exportado desde 2022 através do Projecto Coral Sul FLNG (Floating Liquefied Natural Gas). Os parceiros desta área demonstraram interesse recentemente em desenvolver o Projecto Coral Norte FLNG, uma réplica do Coral Sul, actualmente em processo de avaliação e aprovação pelo Governo.

Entrevistas Relacionadas

Moçambique recebe investimento de $179 milhões dos EUA para energia renovável

Os Estados Unidos da América, por meio da US...

ENH certifica mais empresas para indústria do petróleo e gás

A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), através do projecto...

 Demanda por petróleo pode atingir novos recordes em 2024, prevê EIA

A Administração de Informações sobre Energia dos Estados Unidos...

Moçambique e Brasil firmam acordo para impulsionar biocombustíveis e desenvolvimento económico

Durante o Fórum Biodiesel realizado esta semana em São...