Segunda-feira, Maio 27, 2024
spot_img

Access Bank reforça presença no mercado africano

Estas transações que decorrem no âmbito da sua estratégia de expansão pelo mercado africano, estão sujeitas à aprovação das respectivas entidades reguladoras locais e da entidade reguladora bancária da Nigéria e podem estar concluídas nos próximos doze meses.

O Access Bank considera estratégica e fundamental a aquisição destes novos bancos, pois permitirá construir uma franquia global forte, focada em servir de porta de entrada para pagamentos, investimento e comércio entre países africanos.

Nos últimos dois anos, o Access Bank tinha vindo já a reforçar a sua presença global em África com a aquisição de participações em países como os Camarões, Botswana, Kenya, Guiné-Conacri e África do Sul e reforçando a presença na Zâmbia.

O crescimento e solidificação do Grupo está também a expandir-se para o mercado Europeu, com o início recente de operações em Paris. A presença do Banco em França está em linha com a estratégia de longo prazo do Access Bank de se tornar o Banco mais respeitado de África e uma porta de entrada para a Europa e para o mundo.

Para o Administrador-Delegado do Access Bank Mozambique, Marco Abalroado, “as fortes expectativas de crescimento no continente africano levaram o Banco a investir numa robusta estratégia de expansão com o objectivo de estimular o crescimento da sua rede de centros de comércio internacional e de pagamentos, utilizando-a como plataforma para mostrar o potencial de África ao resto do mundo”.

Igualmente em Moçambique, após a aquisição do BancABC em 2021 e finalização do processo de rebranding, o Banco prossegue a sua estratégia de expansão, totalizando já 11 balcões em 6 províncias do país. Ainda no âmbito do processo de expansão da rede bancária, irá abrir 5 novos balcões no país, ainda este ano.

Líder no ranking dos bancos Africanos no que respeita ao número de clientes, o Access Bank é o maior Banco da Nigéria operando uma rede de mais de 750 balcões e agentes.

Está presente em três continentes e em 18 países e serve 49 milhões de clientes, dando emprego a mais de 28 mil colaboradores nas suas operações na Nigéria, África Subsaariana e no Reino Unido. Tem ainda escritórios de representação na China, Líbano, Índia, Emirados Árabes Unidos e África do Sul.

Entrevistas Relacionadas

Emose obteve lucro de mais de 40 milhões de Meticais em 2023

O resultado líquido da Empresa Moçambicana de Seguros (Emose)...

INP considera movimento da Galp como rotineiro

O Instituto Nacional de Petróleo (INP) declarou na Quinta-feira,...

Vodacom Moçambique lança Fundação para impacto social

A Vodacom Moçambique fez o lançamento oficial da Fundação Vodacom Moçambique. A cerimónia...

Galp concluiu a venda da sua participação no projecto GNL

A Galp concluiu a venda de sua participação no...