Sábado, Junho 15, 2024
spot_img

Área 4 e Governo de Cabo Delgado inauguram Centro de Desenvolvimento Empresarial em Pemba

Nesse sentido, a ExxonMobil Moçambique, Limitada, em representação dos parceiros da Área 4 da Bacia do Rovuma, inaugurou, recentemente, o escritório da MozUp Enterprise Development Center (MozUp EDC), na cidade de Pemba, em Cabo Delgado.

Com a sua implantação naquele ponto do país, o MozUp EDC vai providenciar e alargar oportunidades de formação, aconselhamento e mentoria a empresas locais e das províncias vizinhas, para qualificarem-se e competir nas principais oportunidades de crescimento económico nos vários sectores da economia.

Valige Tauabo, governador de Cabo Delgado manifestou satisfação pela iniciativa e afirmou que “o centro de desenvolvimento empresarial vai desempenhar um papel importante no reforço da capacidade das empresas moçambicanas em Cabo Delgado”.

O dirigente sublinhou que “através da formação que as empresas irão receber, vão tornar-se mais competitivas a nível nacional e potencialmente além das fronteiras”.

Arne Gibbs, Director Geral da ExxonMobil Moçambique, Limitada, disse, por sua vez, que a nova agência do MozUp vai possiblitar que as empresas locais posicionem-se melhor e, última instância, vai estimular o conteúdo local.

“Estamos entusiasmados em lançar a segunda filial da MozUp em Pemba e ansiosos para testemunhar o crescimento contínuo das PMEs moçambicanas”, afirmou Gibbs.

Os serviços fornecidos pelo MozUP incluem a implementação de avaliações de negócios e planos de fortalecimento de negócios, assessoria no acesso ao capital, serviços financeiros e estabelecimento de parcerias entre empresas para o crescimento.

Instituições e operadores intersectoriais locais e internacionais são incentivados a inscrever-se no MozUp EDC para criar uma plataforma sustentável, que pode apoiar projectos de negócios em todos os sectores.

Lançado, pela primeira vez em 2020, em Maputo, o MozUP EDC é operado pela Mozambique Enterprise for Sustainability, Limitada (MES), uma joint venture entre a DAI, uma empresa global de desenvolvimento social e económico e o parceiro de implementação moçambicano, TPLA Consulting, Limitada.

A Área 4 é explorada pela Mozambique Rovuma Venture S.p.A. (MRV), uma joint venture detida pela ExxonMobil, Eni e China National Petroleum Corporation (CNPC), que detém uma participação de 70 por cento no Contrato de Concessão de Exploração e Produção.

Entrevistas Relacionadas

Indicadores prudenciais e económico-financeiros da carteira móvel: M-Pesa, E-Mola e MKesh

O Banco de Moçambique (BdM) divulgou a avaliação dos...

Novo horário de trabalho proposto para Maputo visa descongestionar o trânsito

A cidade e província de Maputo poderão adoptar novos...

Bushfire Festival 2024: Celebrando a música africana

O MTN Bushfire Festival de 2024, realizado no Reino...

Bravantic anuncia parceria estratégica com a CCIFM

A Bravantic, anuncia uma parceria estratégica com a Câmara...