As exportações do carvão mineral atingiram, no primeiro trimestre deste ano, 540.1 milhões de dólares norte-americanos, valor influenciado pela tendência crescente da procura deste produto no mercado internacional.

Dados divulgados, há dias, pelo Departamento de Estatísticas e Reporte do Banco de Moçambique indicam que em todo o ano passado, as exportações do carvão mineral renderam ao país cerca de 1465.6 milhões de dólares norte-americanos.

Os valores alcançados em 2021 superam de longe os montantes atingidos em 2020, quando as exportações de carvão alcançaram apenas 646.7 milhões de dólares.

Em Moçambique, o carvão mineral é basicamente extraído nas bacias carboníferas de Moatize e Marara, onde operam as multinacionais Vulcan Minerals, ICVL e Jindal Africa, que têm, por isso, contribuído para o aumento de postos de emprego fixos neste sector produtivo.

Refira-se que, a Vulcan explora as minas que até há bem pouco tempo eram operadas pela brasileira Vale.

Em finais de Abril último, a Vale anunciou ter concluído a operação de venda de activos na exploração de carvão à indiana Vulcan Minerals num negócio de 270 milhões de dólares. O processo de transmissão incluiu também o Corredor Logístico de Nacala.

FONTEjornalnoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui