Eni publica 16º relatório de sustentabilidade

Giorgio Vicini, director-geral da Eni Rovuma Basin, operadora do projecto Coral Sul FNLG, confirmou em entrevista ao “Notícias” que a sua empresa está interessada no sexto concurso lançado pelo Instituto Nacional de Petróleo (INP), tendo sido qualificada na primeira fase.

Explicou que a companhia está agora a fazer avaliações técnicas para decidir as áreas para as quais deverá concorrer.

“Estamos interessados no sexto concurso organizado pelo INP. A Eni qualificou-se como operador na primeira fase do concurso e agora estamos a fazer avaliações técnicas para escolher as áreas para as quais vamos concorrer”, assegurou Giorgio Vicini, sem, contudo, avançar o número de tais áreas.

Lançado em Novembro de 2021, o Sexto Concurso para a Concessão de Áreas de Pesquisa e Produção de Hidrocarbonetos, teve, segundo dados do INP 13 empresas concorrentes, tendo sido pré-qualificadas 12, das quais seis são operadoras e as restantes não operadoras.

Da lista fornecida pelo INP, constam como operadoras Da lista das empresas fornecidas pelo Instituto Nacional de Petróleo (INP), constam como operadoras a China Nacional Offshore Oil Corporation Hong Kong Holding Limited “CNOOC”; a SINOPEC International Energy Investiment Limited; a ENI,   Mozambico SPA; a ExxonMobil Mozambique (Offshore) Limited; a Petro-China Internacional Iraq FZE; e a Total Energies Ep New Venture.

Relacionado  Eni publica 16º relatório de sustentabilidade

Como empresas não operadoras estão elencadas a RN Angoche PTE; a Joint Stock Company Novatek; Qatar Petroleum Mozambique Limited; a Sasol Africa (PTY), LTD; a ONGC Videsh Limited; a Discovery Exploration Limited.

De acordo com o calendário aprovado, a divulgação dos resultados será a 30 de Novembro deste ano.

 

FONTEjornalnoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui