Actividades em Afungi

Filipe Nyusi, e o líder da petrolífera francesa Total, Patrick Pouyanné, congratularam-se hoje com os avanços no projecto de exploração de gás natural em construção no norte do país, anunciou a Presidência da República.

“As duas partes debruçaram-se sobre a evolução do projecto e congratularam-se com os progressos”, refere nota da presidência, após uma audiência concedida, recentemente, em Maputo, pelo chefe de Estado a uma delegação da Total.

“A liderança da Total reafirmou o seu pleno empenho em continuar a executar o projecto em conformidade com o programa e as metas previstas”, ou seja, início de exploração da Área 1 da bacia do Rovuma, ao largo da província de Cabo Delgado, em 2024.

A 24 de Agosto, a Total anunciou uma revisão do memorando de entendimento com o Governo moçambicano para operacionalização de uma força conjunta para a segurança do projecto, com apoio logístico do consórcio petrolífero da Área 1.

Em esclarecimentos à Lusa, a petrolífera francesa referiu que “a revisão do memorando de segurança reflecte o aumento das actividades na fase de construção e a mobilização de uma maior força de trabalho”.

Relacionado  CDD diz que multinacionais de gás estão travar a lei do conteúdo local

Filipe Nyusi e o líder da Total manifestaram num encontro recente, o desejo de “criar um mecanismo de articulação regular de alto nível”, para “manter uma comunicação fluída, de modo a viabilizar a implementação bem-sucedida do projecto”.

FONTELUSA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui