Segunda-feira, Maio 27, 2024
spot_img

Índia doa 10 milhões USD para apoiar projecto de abastecimento de água em Cabo Delegado

Um total de 10 milhões de dólares foram desembolsados pela Índia apoiar a criação de redes de abastecimento de água potável na província de Cabo Delgado, no Norte do país, afectada pelo conflito armado.

O valor, está inscrito num memorando de entendimento assinado esta Segunda-feira, 14 de fevereiro, entre a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, e o alto comissário da Índia em Moçambique, Ankan Banerjee.

Na ocasião, Verónica Macamo referiu que o memorando “constitui um enorme contributo” para a vida da população da província de Cabo Delgado, em particular do distrito de Mueda, área de enfoque do projecto, “que passará a ter água potável em abundância”.

A titular da pasta dos Negócios Estrangeiros e Cooperação do ‘país do Índico’ apontou também a Índia como um parceiro destacado de Moçambique, tendo destacado os mais recentes apoios prestados por aquele país na doação de vacinas contra a Covid-19, no fornecimento com financiamento concessional de locomotivas e carruagens para as linhas ferroviárias, bem como de embarcações para a Marinha.

A província de Cabo Delgado é rica em gás natural, mas foi aterrorizada desde 2017 por rebeldes armados, sendo alguns ataques reclamados pelo grupo extremista Estado Islâmico. O conflito já provocou mais de 3.100 mortes, segundo o projecto de registo de conflitos ACLED, e mais de 817 mil deslocados, de acordo com as autoridades moçambicanas.

Entrevistas Relacionadas

Emose obteve lucro de mais de 40 milhões de Meticais em 2023

O resultado líquido da Empresa Moçambicana de Seguros (Emose)...

INP considera movimento da Galp como rotineiro

O Instituto Nacional de Petróleo (INP) declarou na Quinta-feira,...

Vodacom Moçambique lança Fundação para impacto social

A Vodacom Moçambique fez o lançamento oficial da Fundação Vodacom Moçambique. A cerimónia...

Galp concluiu a venda da sua participação no projecto GNL

A Galp concluiu a venda de sua participação no...