A Importadora Moçambicana de Petróleos (IMOPETRO) adjudicou recentemente à companhia Independent Petroleum Group (IPG), do Kuwait, a importação de combustíveis de Janeiro a Junho de 2022. A informação foi avançada à “Carta” por uma fonte da IMOPETRO.

A IPG destacou-se a 14 de Dezembro último, ao propor o menor preço de importação de produtos petrolíferos na cerimónia de abertura de propostas de um concurso lançado em 27 Novembro de 2021.

Como tem sido apanágio, em concursos de importação de combustíveis, a empresa que menor proposta de preço apresenta ganha automaticamente o concurso. É o que aconteceu com a IPG.

Para esse concurso, compraram cadernos de encargo oito companhias, mas apenas sete apresentaram propostas que foram abertas pela IMOPETRO, criada em 1997 pelo Governo para se dedicar à importação de combustíveis líquidos e gasosos para o país.

Das oito companhias, apenas sete apresentaram propostas, tendo a IPG se destacado ao propor importar, cada Tonelada Métrica (TM), por 35.62 USD em média, contra 55.78 USD (preço mais alto) sugeridos pela Augusta Energy, 49.66 USD proposta por Trafigura, 45.86 USD por Glencore Energy, 43.04 USD por Vitol (actual fornecedor), 42.94 USD pela Sahara Energy, 41.64 USD pela Totsa (ou Total).

Após a abertura de propostas, a Comissão de Aquisição de Combustíveis Líquidos (CAL) avaliou outros pressupostos, como a capacidade técnica para a importação e, ao fim e ao cabo, adjudicou à IPG.

A IPG deverá importar, nos próximos seis meses, aproximadamente, 1.190,000 Toneladas Métricas (TM) dos quais 340.000 TM de Gasolina; 50.000 TM de Jet e 800.000 TM de Gasóleo 50 ppm. O contrato entre IMOPETRO e IPG prevê ainda que, após a importação, a empresa adjudicada distribua os combustíveis pelos portos de Maputo, Beira, Nacala e Pemba.

A IPG é um grupo de empresas de sucesso com sede no Kuwait com operações mundiais no comércio e comercialização de petróleo bruto, produtos petrolíferos, GLP, petroquímicos e fertilizantes. Além desta actividade principal, a IPG tem interesses em terminais, oleodutos e navegação. Para além de Kuwait e Moçambique, a IPG opera em mais sete países de diferentes continentes.

FONTENotícias AI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui