Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img

Moçambique garante reforço no transporte de combustível ao “interland” 

O trabalho efectuado na empresa surge no seguimento do encontro entre os Chefes de Estado de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi e da Zâmbia, Hakainde Hichilema, no dia 4 de Abril, durante o qual a República zambiana apresentou a necessidade de melhorar a logística de transporte de combustíveis importados dos portos moçambicanos.

Na sequência da visita, Magala aconselhou a Mozambique- Zimbabwe Pipeline Company  e a empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique a trabalhar em conjunto para aumentar a capacidade de manuseamento e transporte de combustíveis.

O objectivo consiste em fazer face à crescente demanda dos países do Interior, nomeadamente Zimbabwe, República Democrática do Congo, Malawi e Zâmbia, com especial atenção para a preocupação apresentada pelo Governo da República da Zâmbia.

Está em curso o alargamento da capacidade do corredor da Beira no manuseamento e transporte de combustíveis e o governante sublinhou que deve ser uma abordagem integrada para permitir que a capacidade de recepção do Porto corresponda às necessidades do consumidor final e à capacidade das infraestruturas de transporte por condutas .

 

Entrevistas Relacionadas

Governo inicia manutenção de quase 5 mil quilómetros de estradas nacionais

O Ministério dos Transportes anunciou o início dos trabalhos...

Presidentes de municípios moçambicanos pedem seriedade nos fundos para estradas

Os presidentes dos 65 municípios de Moçambique expressaram preocupações...

BAD financia estudo de viabilidade para projecto integrado de Techobanine com $4 milhões

Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) vai desembolsar 4 milhões...

FMI: Nada norteia atribuições de isenções fiscais em Moçambique

Alexis Meyer-Cirkel está de saída de Moçambique, onde esteve...