Quarta-feira, Maio 22, 2024
spot_img

Moçambique oferece garantia de 2,25 bilhões dólares para o GNL

A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) oferece aos parceiros do projecto de gás natural liquefeito uma garantia 2,25 bilhões de dólares. O projecto liderado pela Total pagará a participação da empresa estatal de petróleo.

Segundo Carlos Zacarias, presidente do órgão regulador de Moçambique, o Instituto Nacional do Petróleo (INP), o financiamento estatal havia sido garantido e os parceiros aceitaram uma garantia do governo de $2,25 bilhões em vez de uma contribuição imediata de capital da ENH.

O Presidente do INP, disse que a garantia é válida por cinco anos. Cada parceiro no projeto será obrigado a fazer uma contribuição mínima de capital. A ENH possui 15% de participação no projeto que deverá iniciar a produção em 2024, enquanto a Total possui 26,5% depois de adquirir sua participação na Anadarko por US $ 3,9 bilhões em 2019.

Entrevistas Relacionadas

Delegações de 12 países participam na conferência empresarial CASP em Maputo

Empresários moçambicanos e estrangeiros reúnem-se desde a quarta-feira, em...

Receitas do Estado alcançaram 73 mil milhões de meticais no primeiro trimestre

As receitas correntes do Estado atingiram um aumento significativo...

Fundo Soberano já conta com 94 milhões de dólares

Estado aplica 94,2 milhões de dólares de receitas de...

Uma Nova Era para o M-Pesa: Salimo Abdula assume a Presidência do Conselho de Administração

A Vodafone M-Pesa celebra seus onze anos de existência...