Segunda-feira, Maio 27, 2024
spot_img

Moçambique vai exportar nova variedade de líchia para Europa

Trata-se de uma variedade de elevado valor comercial, de origem chinesa, cujas técnicas para a sua materialização no país, estão em implantação na província central de Manica.

A informação foi partilhada em Tete, na cerimónia de lançamento do Fundo Catalítico para inovação e demonstração, pelo representante da Westfalia Fruta Moçambique, uma firma de fruticultura, sediada em Manica.

Anselmo Mareque, fez saber que Moçambique tem condições agro-ecológicas para introduzir a espécie de líchia sem semente, nos distritos que gozam de micro-climas, exemplo Macossa, na província de Manica.

Mareque acrescentou que outra estratégia para o país se firmar no mercado europeu, e noutros pontos do globo, é a antecipação da produção da fruta, em relação ao seu principal concorrente naquele continente, o Madagáscar.

Para a fonte, a venda de Moçambique deverá começar em Novembro, período antes do início da produção em Madagáscar, que acontece a partir de Dezembro.

Anselmo Mareque acrescentou que igualmente estão em curso acções para o incremento da produção desta fruta, das actuais cento e cinquenta, para seiscentas toneladas anuais de líchia. 

Entrevistas Relacionadas

Emose obteve lucro de mais de 40 milhões de Meticais em 2023

O resultado líquido da Empresa Moçambicana de Seguros (Emose)...

INP considera movimento da Galp como rotineiro

O Instituto Nacional de Petróleo (INP) declarou na Quinta-feira,...

Vodacom Moçambique lança Fundação para impacto social

A Vodacom Moçambique fez o lançamento oficial da Fundação Vodacom Moçambique. A cerimónia...

Galp concluiu a venda da sua participação no projecto GNL

A Galp concluiu a venda de sua participação no...