Sexta-feira, Julho 19, 2024
spot_img

País quer inspirar-se do modelo de industrialização da Indonésia

Depois da reunião entre as delegações de ambos países, Nyusi referiu que a Indonésia baniu a exportação de matérias-primas, tais como níquel, bauxite, cobre, entre outros, cujo resultado foi a instalação de 48 indústrias de processamento de minérios.

“Eu só ouvia dizer, mas hoje o Presidente da Indonésia contou-me que proibiu a exportação de matérias-primas. Os minérios já não são exportados em bruto. Escava-se e transforma-se lá. Achamos que é uma experiencia para capitalizar, claro que isso vai levar seu tempo, mas vamos chegar lá”, disse Nyusi a imprensa.

Segundo o dirigente, esta visão também está assente num programa que visa a dinamização da industrialização através da atracção de investimentos e aumento de competitividade industrial.

A propósito, o governo moçambicano aponta como desafio maior uso de matéria-prima local para o aumento da produção industrial e redução da exportação em bruto com recurso a PRONAI (Programa Nacional Industrializar Moçambique).

Durante o encontro, o estadistas passaram em revista matérias ligadas a defesa e segurança, combate ao terrorismo, mudanças climáticas, reconciliação nacional, reconstrução pós-ciclone, bem como a necessidade de isenção de vistos entre os dois Estados, para permitir uma maior circulação de pessoas e bens.

Entrevistas Relacionadas

APAMO: “Indústria de Açúcar prejudicada por importações ilegais”

A Associação dos Produtores de Açúcar em Moçambique (APAMO)...

FMI: Nada norteia atribuições de isenções fiscais em Moçambique

Alexis Meyer-Cirkel está de saída de Moçambique, onde esteve...

CMM Quer cooperar regionalmente na Indústria Mineira

O presidente do Conselho de Administração da Câmara de Minas...

Moçambique participa no Festival Standard Bank Luju Food & Lifestyle 2024

Moçambique marcará presença no Festival Standard Bank Luju Food...