Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024
spot_img

Tempus Global Group revela Pesquisa Nacional de Benefícios e Gestão de Capital Humano e as tendências para empresas em 2023

A Tempus Global Group divulgou esta terça-feira (28) os resultados da Pesquisa Nacional de Benefícios e Gestão de Capital Humano de 2023, revelando insights valiosos sobre as práticas de RH nas empresas moçambicanas. O estudo, que iniciou em 2021 com 140 organizações participantes, atingiu um marco significativo neste ano, alcançando 200 empresas.

A pesquisa focou em cinco pilares: Compensação e Benefícios, Carreira, Ambiente de Trabalho, Cultura e Equilíbrio entre Vida Profissional e Pessoal. Além disso, foram destacadas as mudanças e adições na pesquisa de 2023, incluindo o aumento na participação de organizações do sector privado e ONGs.

No pilar de equilíbrio entre vida profissional e pessoal, 68% das organizações têm políticas formais que abordam essa questão. Entre essas políticas, estão a flexibilidade de horários de trabalho (60%), a oferta de dias de repouso (53%), e a possibilidade de trabalho remoto (49%). Além disso, 41% das organizações realizam acções específicas para promover o equilíbrio entre vida profissional e pessoal com base nos resultados da pesquisa.

Finalmente, sobre a experiência do colaborador, 76% das organizações participantes afirmam medir a satisfação dos colaboradores. Dentre essas, 46% realizam pesquisas internas de satisfação anualmente, 32% a cada dois anos, 10% trimestralmente e 5% semestralmente. Entre as organizações que medem a satisfação dos colaboradores, 67% afirmam que a pesquisa é realizada de forma anónima para garantir a honestidade nas respostas.

Vanessa Tavares, Gestora de Projectos da Tempus Unity, destacou que a empresa evoluiu para oferecer soluções holísticas em três áreas principais: pesquisa, consultoria e gestão de benefícios. Afirmou que todas as soluções são orientadas por dados, reflectindo a filosofia da empresa na tomada de decisões.

Ao apresentar os resultados, a Tempus abordou questões cruciais, como a representatividade dos sectores público e privado, diversidade nas áreas de actuação e a experiência dos profissionais de RH. O destaque foi dado ao aumento na participação das organizações na pesquisa, evidenciando a relevância crescente do estudo.

A relatório incluiu uma análise detalhada dos pilares da pesquisa, como Compensação e Benefícios, onde foi notado um aumento na importância do seguro de saúde como benefício. O pilar de Carreira revelou dados sobre investimentos em formação e programas de desenvolvimento, destacando uma tendência de foco na liderança.

Em conclusão, a cerimónia de divulgação contou com a presença de representantes de várias organizações, e a Tempus Global Group expressou a importância contínua do estudo na promoção de melhores práticas de gestão de capital humano em Moçambique, permitindo desta feita uma análise mais aprofundada e a implementação de melhorias estratégicas com base nos insights fornecidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Partilhe:

spot_imgspot_img

Mais Lidas

Notícias Relacionadas
Notícias Relacionadas

AIMO reconhecida na gala empresarial de encerramento do ano da CTA

A Associação Industrial de Moçambique- AIMO recebeu o prestigioso...

Nampula: Sector Empresarial pede redução do IVA para 12%

O Conselho Empresarial Provincial de Nampula (CEP) apelou à...

Índice de Robustez Empresarial: Desempenho das empresas regista ligeira melhoria no 3° trimestre

O desempenho das empresas nacionais registou uma ligeira melhoria...

South African Airways e SunExpress: um novo horizonte na parceria entre companhias aéreas

Abre-se um novo capítulo no sector da aviação com...