Francisco André, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação português, disse que o Programa Estratégico de Cooperação 2022-2026 com Moçambique vai centrar-se no “estímulo” à recuperação pós-pandemia, dando expressão ao “excelente relacionamento” bilateral.

O secretário apontou as prioridades do próximo acordo-quadro de cooperação entre Portugal e Moçambique, numa declaração que leu à imprensa, após um encontro com o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação moçambicano, Manuel Gonçalves.

As relações entre os dois países, prosseguiu, passarão pelo “combate a esta pandemia de covid-19 e também no estímulo que aí será necessário para a recuperação” do impacto da pandemia.

Francisco André apontou a educação, saúde, justiça e desenvolvimento humano como domínios que vão merecer atenção especial no Programa Estratégico de Cooperação 2022-2026.

O programa deverá ser assinado na cimeira bilateral a decorrer até final deste ano, em data e lugar ainda por definir, acrescentou o governante.

“Esperamos que [a cimeira] tenha resultados concretos, sobretudo que tenha resultados que sejam ambiciosos e de interesse comum aos dois países”, declarou o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Portugal.

FONTENotícias ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui