Segunda-feira, Abril 15, 2024
spot_img

Filipe Nyusi reafirma compromisso de ampliação do sistema de energia

O Presidente da República, Filipe Nyusi reafirmou o compromisso do governo em alcançar o objectivo de mais de dez milhões de famílias terem acesso à electricidade nas suas casas pela primeira vez até 2024, aquando da inauguração de um sistema de fornecimento de energia eléctrica no distrito de Macate, na província central de Manica. Isto custou US$238.000 desembolsados pelo governo e irá beneficiar 250 famílias. Actualmente, foram estabelecidas 66 ligações.

“Há seis meses, anunciei a abolição da taxa de ligação eléctrica, uma medida destinada a acelerar as novas ligações e a acelerar a realização do acesso universal à energia. Não só somos encorajados como entusiasmados com os resultados alcançados até à data. Cerca de 500 novos consumidores estão ligados à rede nacional, todos os dias”, disse o Presidente Nyusi.

Desde a eliminação da taxa, acrescentou, 115.317 lares foram ligados, enquanto bairros e outros espaços públicos foram iluminados, transformando assim a vida de muitos moçambicanos.

“Macate está agora em condições de melhorar a sua produção e gostaríamos de exortar o distrito a aumentar esses níveis para justificar o investimento que fizemos”, salientou o Presidente, enfatizando que o impacto da electricidade vai para além da frente económica. A energia responde às necessidades de consumo dos agregados familiares e a sua disponibilidade irá potenciar a utilização de instalações de saúde e educação, impulsionando assim a qualidade de vida.

Devido a estas razões e à necessidade urgente de abanar os sectores produtivos, o Presidente Nyusi aconselhou o governo local a divulgar o uso produtivo da electricidade, promovendo o investimento em sectores como a agricultura, turismo, pescas e agro-processamento.

A escuridão em que Macate mergulhava todas as noites é coisa do passado, pelo que o Presidente Nyusi pediu a cada residente que salvaguardasse o correcto funcionamento do sistema e assegurasse a longevidade do equipamento, tendo em conta que se trata de um bem colectivo.

spot_img

Próximos Eventos

Partilhe:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias Relacionadas

Japão e SAPP firmam parceria para desenvolver energias renováveis na África Austral

A Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) e o...

Grupo Visabeira ganha contratos de 24,5 milhões de dólares

O consórcio formado pelo grupo português Visabeira Infra-estruturas e...

Moçambique anuncia aumento da exportação de energia eléctrica para Zâmbia

A Electricidade de Moçambique (EDM) vai aumentar a quantidade...

FUNAE investe na construção de 19 mini-redes com capacidade de 100 a 200 megawatts

O Fundo Nacional de Energia (FUNAE) anunciou um investimento...

Notícias e Eventos

Artigos mais recentes

AMOMIF: Procedimentos incorrectos nas discussões sobre salário mínimo prejudicam IMF

A AMOMIF (Associação Moçambicana de Operadores de Microfinanças) vai participar nas negociações relativas à concertação social e fixação de salário mínimo, que iniciaram, sexta-feira,...

Japão e SAPP firmam parceria para desenvolver energias renováveis na África Austral

A Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) e o...

Mono e Mastercard firmam parceria para revolucionar pagamentos digitais em África

A Mono Technologies Nigeria Limited, líder em infra-estrutura bancária...

Rand sul-africano se fortalece antes de dados de inflação dos EUA

O rand sul-africano fortaleceu-se à frente dos dados de...

Parceria entre LAM e TAAG amplia voos entre Moçambique e Angola

A parceria entre as instituições de aviação moçambicana e...

Kenmare Resources prepara-se para aumento na produção após queda no primeiro trimestre

A Kenmare Resources, empresa que explora a mina de...

Desenvolvimentos recentes na economia doméstica e perspectivas a curto prazo

O relatório divulgado pelo Banco de Moçambique, mostra os...