Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img

Resultados financeiros do Banco BiG mostram lucro de 4 milhões de euros em 2023

O Banco de Investimento Global (BiG) registou um lucro de quatro milhões de euros em 2023, segundo dados do relatório e contas consultado pela Lusa nesta Sexta-feira, 3 de Maio. Este valor representa uma queda nos lucros de mais de 0,5%, face aos 275,9 milhões de meticais (4,05 milhões de euros) registados em 2022.

O desempenho do BiG no ano de 2023 foi influenciado pelo contexto de política monetária restritiva adoptada pelo Banco de Moçambique, nomeadamente o aumento dos coeficientes de reservas obrigatórias, bem como a manutenção das taxas directoras em níveis altos. Neste contexto, o BiG manteve uma gestão cautelosa do balanço, o que se traduziu numa redução gradual da sua carteira bancária, em paralelo com a manutenção de uma situação de liquidez confortável ao longo do ano, nomeadamente em aplicações junto do banco central e outros títulos de curto prazo.

Em termos comerciais, a actividade de serviços de clientes na gestão de poupanças e investimentos apresentou um crescimento no número de operações de intermediação para clientes, bem como no montante de activos sob custódia.

O BiG Moçambique foi constituído em 2016 e o seu capital é detido maioritariamente (82,6%) pelo Banco de Investimento Global, com sede em Lisboa. O banco conta ainda, entre outros, com participações da Empresa Moçambicana de Seguros (11,1%) e as seguradoras Hollard Moçambique (2,9%) e FPTM (2,2%).

Em 2023, a margem financeira do BiG Moçambique caiu para 348,2 milhões de meticais (5,1 milhões de euros) e o produto bancário cresceu para 567,8 milhões de meticais (8,3 milhões de euros), enquanto o activo total aumentou para 4,8 mil milhões de meticais (71 milhões de euros).

Os recursos dos clientes (depósitos) caíram fortemente em 2023, para quase 422,3 milhões de meticais (6,2 milhões de euros), face aos 1,9 mil milhões de meticais no ano anterior, e o passivo total cresceu para 2,5 mil milhões de meticais (28,5 milhões de euros).

Segundo dados do banco central, funcionam em Moçambique 15 bancos comerciais e 12 microbancos, além de cooperativas de crédito e organizações de poupança e crédito, entre outras.

Entrevistas Relacionadas

BCI recebe distinção da AMS pelo apoio ao sector de seguros

O Banco Comercial e de Investimentos (BCI) foi recentemente...

Access Bank lidera iniciativa para promover crescimento económico de Cabo Delgado

O Access Bank Moçambique reforçou o seu compromisso com...

FNB anuncia novo Presidente do Conselho de Administração

FNB Moçambique nomeou Sérgio Chitará como novo presidente do...

First Capital Bank recebe garantia do IFC para impulsionar operações de Comércio Internacional

International Finance Corporation (IFC), braço do sector privado do...