A Vale espera receber ofertas vinculativas para o seu negócio do carvão no início de Novembro, disse um executivo na sexta-feira, uma vez que pretende abandonar completamente o sector e decidiu alienar o seu activo Moatize mesmo antes de atingir os objectivos projectados no plano de negócios da empresa.

“Já recebemos algumas propostas indicativas para vender o negócio. Agora esperamos receber ofertas vinculativas no início de Novembro”, disse Luciano Siani, vice-presidente financeiro da Vale, durante uma conferência telefónica.

A Vale assinou um acordo para adquirir a participação da Mitsui & Co na mina metalúrgica e térmica de carvão de Moatize e no projecto portuário em Moçambique em Abril.

Moatize é o maior empreendimento da Vale no sector do carvão, e tem estado operacional desde 2011. O complexo tem uma capacidade de 22 milhões de toneladas de carvão por ano, incluindo tipos metalúrgicos e térmicos.

Em 2017, a Mitsui pagou 690 milhões de dólares pela sua participação na mina.

FONTEClub of Mozambique

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui