Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img

Gemfields anuncia descoberta de potencial reservatório de ouro em Moçambique

A empresa mineira de pedras preciosas Gemfields, com sede em Londres, revelou resultados promissores de suas actividades de perfuração em sua mina de ouro em Nairoto, na província de Cabo Delgado, Moçambique. Segundo a empresa, as primeiras estimativas sugerem a presença de aproximadamente 103 mil onças de ouro, com uma média de mais de dois gramas por tonelada, a uma profundidade de 80 metros.

Esses resultados, provenientes apenas da área-alvo denominada TL5, representam um marco significativo para a empresa, que inicialmente não incluiu a extracção de ouro em sua estratégia a longo prazo. No entanto, diante dessas descobertas promissoras, a Gemfields agora planeia buscar um comprador ou parceiro adequado para o projecto no futuro.

O director-geral da Gemfields para Moçambique, Kartikeya Parikshya, expressou optimismo em relação ao futuro do projecto, afirmando que esses resultados são um bom primeiro passo à medida que continuam as explorações para compreender melhor tanto o TL5 quanto outras áreas-alvo da mina.

Além disso, Parikshya anunciou planos ambiciosos para a produção de ouro proveniente do TL5 até o final do ano, desde que tudo corra conforme o planeado. No entanto, os desafios persistem, especialmente em meio à instabilidade causada pela pandemia de COVID-19 e pela insurgência extremista islâmica que afecta a região.

A Gemfields, em parceria com a Nairoto Resources, está desenvolvendo o projecto na província de Cabo Delgado, uma região rica em recursos naturais. A empresa possui uma participação de 75% na joint venture, enquanto os 25% restantes são detidos pela Mwiriti, seu parceiro local na mina de rubis de Montepuez.

Entretanto, a violência na região continua sendo uma preocupação importante. Desde 2017, mais de 4500 mortes foram registadas e mais de um milhão de pessoas, predominantemente mulheres e crianças, foram deslocadas devido à insurgência extremista islâmica. Essa instabilidade representa um desafio adicional para o desenvolvimento e operação segura do projecto de mineração de ouro da Gemfields em Moçambique.

Entrevistas Relacionadas

Kenmare regista receita de 58,5 milhões de dólares no primeiro semestre de 2024

A Kenmare Resources, responsável pela exploração da mina de...

Kenmare anuncia progresso na produção do 2º Trimestre e 1º Semestre de 2024

A Kenmare Resources Plc anunciou resultados positivos no progresso...

CMM Quer cooperar regionalmente na Indústria Mineira

O presidente do Conselho de Administração da Câmara de Minas...

Cabo Delgado revoga licenças mineiras ociosas para estimular novos investimentos

Autoridades da província de Cabo Delgado estão cancelando licenças...