glossario

Um dos efeitos do Covid-19 foi a rápida transformação digital e dependência das tecnologias para o desenvolvimento de negócios. Termos como webinar e zoom call passaram a ser, desde o ano passado, vocabulário corrente no mundo dos negócios.

O domínio desta nova linguagem, falada entre quem trabalha ou quer vir a criar uma ‘startup’ (empresa em início de atividade), poderá ser muito útil para quem está para iniciar um novo negócio.

Eis um curto glossário informal dos principais termos, utilizados no mundo dos negócios. Nesta primeira parte lançamos as três primeiras letras.

A

Aceleradoras

Aceleradoras são instituições de capital privado que financiam empresas e startups com alto potencial de crescimento.

As aceleradoras apoiam as startups na transição do arranque para o amadurecimento, através de programas que dão orientação, podendo ficar com uma participação no capital da startup, ajudando-a a crescer.

Além de apoio financeiro, as incubadoras oferecem mentoria e formação para que o negócio consiga se desenvolver.

Em troca essas instituições ganham visibilidade e entre 5% a 15% das cotas da empresa a quem oferecem apoio.

As aceleradoras apoiam normalmente empresas no early-stage, ou seja, quando aquelas se preparam para levantar financiamento de capital de risco.

AIDA

Acrônimo para Atenção, Interesse, Desejo e Atenção. É  uma técnica de marketing que procura guiar o consumidor até a compra. Primeiro deve-se chamar a atenção, depois, conquistar o interesse do consumidor. Então, cria-se desejo que leva à acção, isto é, à tomada de decisão.

Analytics

Diz respeito à descoberta e interpretação de padrões nos dados em grandes volumes de informação.. Essa análise de dados favorece a tomada de decisões, tornando-as mais efetivas. O Google Analytics é a inteligência analítica do Google.

Relacionado  SEJE vai disponibilizar um milhão e meio de meticais à cada jovem do Agora Emprega

API (Application Programming Interface)

Um conjunto de padrões de programação que permitem que um software interaja com o outro.

Automação de marketing

Uso da tecnologia para automatizar atividades individuais e repetitivas do marketing, como envio de e-mails e publicações nas redes sociais. É utilizada para potencializar o marketing digital e tem como objetivo acelerar tarefas fazendo-as em grande escala, aumentando os resultados da empresa.

B

Benchmarking 

Processo de avaliação de uma empresa em relação à concorrência.

É feito através de uma investigação minuciosa, com objectivo de identificar os diferenciais competitivos e características dessas empresas, para aperfeiçoar os seus próprios métodos e produtos.

Bootstrapping

O Bootstrapping é um processo no qual o próprio empreendedor financia os custos, ideias, pagamentos e projetos da sua empresa através dos seu próprio capital, não contando com investimento externo de outras instituições.

Brainstorm

Técnica criativa para resolução de problemas em grupo. Durante a dinâmica, os participantes desenvolvem ideias, mesmo sendo as mais absurdas com o objectivo de gerar novos insights para um problema.

Business model

Utilizado na fase de criação de uma empresa, o business model traz as técnicas e processos que os empreendedores precisarão enfrentar para tirar as suas ideias do papel, como as atividades realizadas, o relacionamento com os clientes, a situação do mercado, os custos e orçamentos, dentre outros aspectos.

Business plan

É um plano onde se descreve o modelo de negócio, contendo uma análise dos recursos e dos objetivos da empresa, as medidas adequadas e as etapas-chave para a evolução do mercado.

Relacionado  21ª edição do #Ideate arranca a 15 de Agosto

O plano define dados da empresa, sócios, descrição de produtos e serviços, estratégias de comunicação e marketing, métricas, e assim por diante e é  normalmente apresentado aos investidores durante a apresentação da empresa.

Branding

Processo criativo e estratégico no qual se define uma percepção da marca, produtos e serviços, logotipo, missão e posicionamento, assim como sua personalidade, de forma coerente através de todos os pontos de marketing e comunicação de uma  marca.

Break-Even Point

É o momento a partir do qual o investimento inicial da empresa consegue ser pago. É o ponto onde a empresa começa a apresentar resultados de exploração positivos e os custos igualam as suas receitas.

Burn Rate 

É uma taxa de medição que indica qual a velocidade com que uma ‘startup’ está a gastar o seu capital de exploração ou capital próprio, antes de conseguir gerar cash-flow positivo.

Business Angel (Investidores Anjo)

São investidores privados e individuais, financeiramente independentes, investem em empresas em fase de arranque – seed ou em startups. O investimento é de natureza monetária e é normalmente acompanhado por um apoio estratégico aos empreendedores.

Estes empresários são normalmente, empreendedores ou executivos com experiência e carreira de sucesso e para quem um investimento de risco não irá afetar significativamente a situação económica dos seus activos.

C

Call

É uma forma de comunicação em vídeo ou áudio através da internet, entre colaboradores, parceiros, fornecedores ou clientes. Este método ficou muito popular em particular depois da pandemia do covid-19. Uma das plataformas mais utilizados actualmente para realizar Calls é o zoom, mas existem outras como o skype, microsoft teams, watsapp etc.

Relacionado  Empresárias queixam-se de burocracias no acesso ao financiamento

Captação de recursos

Captar recursos é um conjunto de técnicas para obter investimentos, sejam através de empréstimos bancários, fundos de financiamento ou investidores-anjo.

Cloud computing

A tradução do inglês de Cloud computing é “computação em nuvem”.

A expressão refere-se ao uso da memória, e processamento, de servidores e software através da internet, tanto para armazenar arquivos como para utilização online.

Coworking

É um espaço de trabalho partilhado por diversas empresas ou empreendedores independentes. O espaço permite e estimula a troca de ideias, experiências e conhecimentos entre os vários empresários e funcionários. Permite também a partilha de recursos e incentiva o desenvolvimento da dimensão social num ambiente mais informal.

Crowdfunding

É uma nova tendência para o financiamento colectivo para empresas e startups. Recorrendo a plataformas online especializadas um grande número de pessoas contribui individualmente para o financiamento ou lançamento de um novo produto ou serviço.

Como compensação são oferecidas recompensas aos financiadores, como a oportunidade de testar o produto antes de ser lançado no mercado ou pacotes especiais de financiadores.

Crowdsourcing

É uma forma colaborativa para desenvolvimento de novas soluções para serviços, resolução de problemas, conteúdos, ou geração de fluxo de informação. As contribuições são feitas a partir de um grande grupo de pessoas ligadas através de uma network digital.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui