Linhas aereas moçambicanas

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) assinaram um acordo com a petrolífera francesa Total para prestar transporte na rota Maputo-Pemba-Afungi, anunciou hoje a companhia de aviação estatal.

Pemba é a capital da província nortenha de Cabo Delgado e Afungi é a península daquela região onde a petrolífera está a construir um complexo industrial de extração e liquefação de gás natural, o maior investimento privado em curso em África no valor de 20 mil milhões de euros.

O contrato de três anos prevê que a LAM dedique à Total uma aeronave Bombardier Q400, modelo que segundo o fabricante pode transportar até 70 pessoas.

João Jorge, diretor-geral da LAM classifica o acordo como uma oportunidade “capaz de projetar a companhia” e permitir “alargar a carteira de clientes”, realçando que a Total lida com passageiros de diferentes origens geográficas.

À companhia caberá garantir “mobilidade rápida dos profissionais que estão envolvidos na concretização do projeto de gás no país”, concluiu.

Fonte: Jornal Notícias

 

Sobre a LAM

A LAM – Linhas Aéreas de Moçambique foi criada no dia 14 de Maio de 1980, ao abrigo do Decreto nº 8/80 de 19 de Novembro, e assumiu todos os direitos e obrigações resultantes de actos ou contratos praticados ou celebrados pela sua antecessora, a DETA – Direcção de Exploração do Transporte Aéreo – que esteve em actividade desde 1936Estrutura Presente

A LAM foi transformada numa Empresa Limitada, adoptando a designação de LAM – Linhas Aéreas de Moçambique por Decreto nº 69/98 de 23 de Dezembro de 1998.

O Estado detém 91% das acções da nova companhia, sendo que os gestores, técnicos e trabalhadores da LAM detêm os restantes 9% das acções.

Em finais de 1999, foi formada, em Moçambique, uma Sociedade limitada incorporada por estatuto.

A sede da LAM situa-se em Maputo. Emprega actualmente 695 trabalhadores e dispõe de escritórios, ou outras formas de representação no país e no estrangeiro. Beneficia de autonomia administrativa e financeira.

A missão da LAM é transportar por via aérea passageiros, carga e correio no serviço doméstico, regional e intercontinental, com carácter regular e não regular, máxima segurança, conforto adequado e qualidade, que satisfaçam os Clientes.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui