Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img

Moçambique entre os seis países africanos que repartirão US$ 94 milhões concedidos pela Noruega

A Noruega acaba de assumir um compromisso para alocar cerca de 94 milhões dólares americanos, para o apoio a pequenos produtores de seis países africanos, incluindo Moçambique.

Deste pacote, 19 milhões de dólares irão financiar o trabalho da Real Sociedade Norueguesa para o Desenvolvimento (Norges Vel) em Moçambique e na Tanzânia durante os próximos cinco anos.

“Moçambique é um importante parceiro da Noruega na luta pela melhoria da segurança alimentar, actualmente com um pacote de ajuda orçado em aproximadamente 75 milhões de dólares em vários programas e projectos em curso”, refere um comunicado do Governo norueguês.

Com o apoio recentemente anunciado, 75.000 pequenos agricultores moçambicanos terão acesso a mudas de cajueiro e receberão formação em agro-florestação.

“O objectivo é aumentar a produção de alimentos nos períodos em que normalmente a produção de alimentos é baixa e produzir castanha de caju como fonte de renda. O objectivo é que a maior diversidade na produção resulte tanto em aumento de rendimento como em maior resiliência”, explica.

No âmbito do novo acordo, segundo o comunicado, o movimento cooperativo no país também será apoiado na organização dos agricultores para o desenvolvimento da cadeia de valor do caju, com especial atenção para as mulheres.

“Elas também contribuirão para a produção de alimentos seguros, sem aflatoxinas, através da produção e distribuição de AflaSafe. As aflatoxinas representam um risco para a saúde por serem cancerígenas e retardarem o crescimento e desenvolvimento mental das crianças. Ao tornar os alimentos mais seguros, podem ser obtidos importantes ganhos para a saúde dos moçambicanos”, indica.

Ainda no âmbito deste pacote, a Norges Vel, em parceria com a NORCAP (uma iniciativa do Conselho Norueguês para Refugiados – NRC), irá desenvolver e disponibilizar serviços meteorológicos e financeiros, tornando os pequenos produtores de alimentos mais resilientes às mudanças climáticas.

A Norges Vel trabalha em Moçambique, desde 2003 na Zambézia, em colaboração com a Clusa. É também parceira da AMPCM (Associação Moçambicana para a Promoção do Cooperativismo Moderno), desde 2015, em Nampula, e, mais recentemente, na Zambézia e no Niassa.

Entrevistas Relacionadas

Zambézia recebe 75 milhões de meticais para apoiar iniciativas de jovens

O Governo de Moçambique, através da Secretaria de Estado...

Workshop de facilitação de acesso ao financiamento para MPMEs em Nampula

A cidade de Nampula foi palco de um evento...

CTA e GAIN lançam linha de financiamento de $11,5 milhões para PMEs que produzem alimentos nutritivos

CTA e GAIN lançam linha de financiamento para alimentos...