O governo pretende no próximo ano expandir o parque industrial do país para o sector da transformação (substituição de importações), com vista a reduzir a importação de bens e produtos de consumo.

O Ministro da Indústria e Comércio Carlos Mesquita considera que uma estratégia robusta do parque industrial, associada a uma ampla mudança do sector informal para o sector formal, poderia também permitir uma maior cobrança de receitas para o Estado.

Carlos Mesquita falava em Maputo esta quarta-feira (15-12) durante o Briefing de Ano Novo na Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA).

O presidente do CTA, Agostinho Vuma, em resposta, salientou que o ambiente empresarial tinha sido afectado este ano pela pandemia de Covid-19.

Por sua vez, António Moura, embaixador de Portugal em Moçambique, destacou o sector privado como parceiro estratégico na materialização do programa Mais Emprego do seu país, dirigido aos jovens em Cabo Delgado.

No âmbito desta iniciativa, o governo português prevê até 2024 desembolsar cerca de 4,2 milhões de euros para promover oportunidades de emprego para os jovens em Cabo Delgado.

FONTEClub of Mozambique

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui