Quinta-feira, Maio 23, 2024
spot_img

Empréstimos do Standard Bank para indústrias de combustíveis fósseis chegam a 4 bilhões de Dólares

O Standard Bank, o maior credor da África por activos, tem cerca de 4 bilhões de dólares em empréstimos e compromissos com os sectores de carvão, petróleo e gás em seus livros, de acordo com um relatório de exposição climática publicado recentemente.

Os activistas do clima criticaram o banco por suas políticas de empréstimo e envolvimento em projetos específicos, como o desenvolvimento de gás natural de grande sucesso em Moçambique, e seu potencial financiamento de um oleoduto de Uganda.

O relatório, mostrou que, esses sectores representavam cerca de 4% de todos os seus empréstimos e compromissos em 31 de dezembro de 2019, enquanto sua exposição às energias renováveis ​​era de 0,8%, o que representa, cerca de 724 milhões de Dólares.

Wendy Dobson, chefe do grupo de cidadania corporativa em grupo de risco no banco, disse reconhecer que as alterações climáticas representam um risco material para a geração de valor para as partes interessadas e o seu objectivo de “salvaguardar as sociedades, ambientes e economias africanas”.

“Também realizamos uma avaliação preliminar dos sectores com maior emissão de carbono em nosso portfólio”, disse Dobson.

O relatório do banco delineou os empréstimos em seu balanço patrimonial, bem como compromissos extrapatrimoniais para vários sectores dentro das indústrias de combustíveis fósseis, mas não incluiu outras exposições, como em suas carteiras de negociação ou investimentos de capital.

O Standard Bank disse que sua avaliação inicial indicava que as actividades de maior emissão de carbono, como concessionárias de energia que possuem e operam usinas movidas a carvão, responderam por 1,84% de seus compromissos de empréstimos e empréstimos totais.

O crédito ou compromissos com mutuários que possuem e operam activos de carvão extractivo representaram 0,35%.

Para petróleo e gás, sua maior exposição foi para negociação e varejo em 1,53%. As exposições à exploração e produção, mid-stream que abrange actividades como armazenamento e processamento e empresas integradas de petróleo e gás foram de 0,76%, 0,71% e 0,78%, respectivamente.

Entrevistas Relacionadas

Banco de Moçambique introduz nova série de notas e moedas a partir de 16 de Junho

O Banco de Moçambique anunciou na sexta-feira, 17 de...

BNI: Lucros crescem 29.05% para MT 269.22 milhões

O BNI encerrou o ano de 2023 com um...

Access Bank fortalece compromisso com liderança feminina em evento de destaque

O Access Bank Mozambique promoveu um debate para impulsionar...

Resultados financeiros do Banco BiG mostram lucro de 4 milhões de euros em 2023

O Banco de Investimento Global (BiG) registou um lucro...