Um dos grandes problemas que causou a decisão da Shoprite, segundo consultores é a dificuldade de tirar dinheiro do país. Para os analistas, esta situação é um alerta ao continente todo. O que torna África um ambiente tão desafiante para as empresas?

“Esta é uma jurisdição muito difícil de gerir. Penso que a maior questão para todos estas empresas em África é, agora, puramente monetária, apenas receber dinheiro e, na verdade, apenas pagar pelos seus bens e serviços. Acho que é o mais importante de tudo em África” afirmou Evan Walker consultor económico da 36ONE Asset Management.

Este problema não é apenas da Nigéria e sim de toda a África. Assim sendo, esta saída da daquele país coloca uma pressão noutras regiões para gerar mais renda a fim de suplementar o fosso que foi deixado com a interrupção de uma operação num grande país como Nigéria.

“Angola será a próxima”, alertam os analistas. A razão desta previsão está baseada no principal problema identificado – a dificuldade de repatriar dinheiro naquele país.

A Shoprite como um dos maiores na indústria e com certeza haverá um efeito negativo a curto-prazo.

FONTEBizNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui