Syrah anuncia retoma na mina de grafite em Balama

A mineradora de grafite Syrah anunciou à Bolsa de Valores australiana que retomou plena atividade em Cabo Delgado, norte de Moçambique, após conflitos laborais na mina.

A mina de Balama exporta minério para fabrico de baterias de carros elétricos.

“As operações de mineração, processamento e logística foram retomadas em Balama sem restrições”, após entendimento “com colaboradores e subcontratados”, lê-se no comunicado.

A Syrah refere que as operações e a renovação do acordo de empresa “estão a ser levados a cabo com o apoio das autoridades competentes do Governo de Moçambique” e em diálogo “com os representantes designados da sua força de trabalho sindicalizada”.

A mina parou em setembro, no que a empresa classificou como “greve ilegal”, acusando um grupo de trabalhadores de ter colocado em causa a segurança do espaço.

A exploração de grafite para exportação é uma das atividades em que o Governo moçambicano prevê que haja grande crescimento em 2023.

O Orçamento do Estado para 2023 prevê “um crescimento na produção na ordem de 48% para 270 mil toneladas” e a Syrah é uma das principais operadoras.

A mina de Balama produziu cerca de 38 mil toneladas de grafite no terceiro trimestre de 2022, sendo que a maioria do material foi exportada pelo porto de Nacala, na província de Nampula.

Para o mesmo período, a empresa já tinha anunciado vendas de 55 mil toneladas.

As operações da empresa australiana têm sofrido um ano conturbado, reflexo da instabilidade no norte de Moçambique.

Em junho, a cadeia logística já tinha sido suspensa temporariamente devido a ataques de rebeldes que há cinco anos atormentam Cabo Delgado e que se aproximaram da estrada por onde é escoada a grafite.

A mina de Balama iniciou a produção comercial há quatro anos e foi destaque em dezembro, quando a Syrah anunciou um acordo com multinacional de veículos elétricos Tesla, que pretende usar grafite da mina – que é descrita como um dos maiores depósitos “de qualidade” no mundo pela própria companhia australiana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui