Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img

Exportação de areias pesadas de Chibuto prevista para 2024

A exportação das areias pesadas de Chibuto está prestes a se tornar uma realidade, com a conclusão da doca de Chongoene, em Gaza. Prevê-se que as operações comecem no primeiro trimestre de 2024, marcando um marco significativo para a indústria local.

Artur Macamo, administrador de Chongoene, compartilhou em entrevista ao “Notícias” que as obras seguem o cronograma previamente estabelecido, indicando que a doca estará operacional no final do primeiro trimestre do próximo ano.

A construção da doca de Chongoene, financiada pela empresa chinesa Dingcheng Minerais, SA, com um investimento superior a US$ 300 milhões (19,2 mil milhões de meticais), visa oferecer uma solução flexível e economicamente viável para a exportação das areias pesadas de Chibuto. Isso eliminará os custos elevados de transporte por estrada até o Porto de Maputo, proporcionando uma conexão directa ao mercado externo.

A nova doca, projectada para receber embarcações de até cinco mil toneladas, está sendo equipada com três gruas, sendo duas com capacidade para manusear 45 toneladas cada e uma menor, com 25 toneladas. Na fase inicial, a expectativa é embarcar 20 mil toneladas por dia, com planos de aumentar para 40 mil toneladas em 2025.

Além de servir para o transporte de minérios de Chibuto, a doca será um ponto de partida crucial para as areias pesadas de Chongoene e Mandlakazi, cuja exploração está programada para iniciar em breve.

As operações de descarregamento e armazenamento das areias pesadas começarão ainda este mês, conforme afirmado pelo administrador de Chongoene. As obras de implantação da infra-estruturas foram realizadas em duas fases, com a construção da base logística, incluindo armazéns, dormitórios e escritórios, já concluída.

Macamo expressou confiança de que o funcionamento da doca impulsionará o desenvolvimento do distrito de Chongoene, gerando oportunidades de negócios e beneficiando a comunidade em termos de responsabilidade social e corporativa. Ele assegurou que aproximadamente 100 famílias afectadas pelas obras de expansão e pavimentação da estrada já receberam as compensações devidas. Este marco não apenas impulsionará a indústria local, mas também contribuirá para o crescimento económico sustentável da região.

Entrevistas Relacionadas

Kenmare regista receita de 58,5 milhões de dólares no primeiro semestre de 2024

A Kenmare Resources, responsável pela exploração da mina de...

Kenmare anuncia progresso na produção do 2º Trimestre e 1º Semestre de 2024

A Kenmare Resources Plc anunciou resultados positivos no progresso...

CMM Quer cooperar regionalmente na Indústria Mineira

O presidente do Conselho de Administração da Câmara de Minas...

Cabo Delgado revoga licenças mineiras ociosas para estimular novos investimentos

Autoridades da província de Cabo Delgado estão cancelando licenças...